ongrace.com

> Mensagem de Hoje

02/10/2019 - AMOR PASSAGEIRO

  • Envie por Email
  • Imprimir
Que te farei, ó Efraim? Que te farei, ó Judá? Porque a vossa beneficência é como a nuvem da manhã e como o orvalho da madrugada, que cedo passa. Oseias 6.4


Após a revolta de Jeroboão, a nação israelita foi dividida em reino do Norte, cujo nome permaneceu Israel, e reino do Sul, chamado Judá. Compostos por dez e duas tribos, respectivamente, ambos os reinos não fizeram a vontade de Deus e receberam uma mensagem do Senhor por intermédio de Oseias. 

Efraim – a tribo mais poderosa do Norte –, nome pelo qual Israel também ficou conhecida, era infiel. Poucos de seus reis se preocuparam em servir a Deus. Idólatras e feiticeiros, eles levaram o povo a adorar os deuses das nações ao redor, abandonando o Altíssimo. Em Judá, houve quem se esforçasse para seguir os passos de Davi, seu pai, mas, com o passar do tempo, adotasse as mesmas práticas dos irmãos. O que seria feito dessas nações?

Apesar de Deus levantar profetas para alertar aqueles líderes acerca da importância dos Seus mandamentos, os servos do Senhor foram duramente perseguidos por alguns deles. Ao ignorar as advertências do Onisciente, Israel foi sitiada e invadida pelo implacável exército assírio e jamais voltou a ser como antes. Judá, por sua vez, viu o templo de Deus ser saqueado. Jerusalém foi destruída e amargou o exílio babilônico, algo do qual nunca se esqueceria. 

O cuidado do Senhor pelos Seus foi recompensado com ingratidão e infidelidade. Eles diziam amá-Lo, mas deliciavam-se com a imoralidade e os manjares a deuses estranhos, que nada podem fazer. Esse amor, tão passageiro quanto a neblina da manhã e o orvalho da madrugada, que desaparece aos primeiros raios do Sol, não era suficientemente capaz de lembrá-los dos inúmeros livramentos do Todo-Poderoso.

Atualmente, muitos cristãos continuam agindo da mesma maneira. Deus enviou-lhes Seu Unigênito, mas essas pessoas se esquecem do favor divino na primeira oportunidade. Elas experimentam a libertação e a cura, são envolvidas pelo amor divino, mas trocam a Verdade pelas astutas mentiras do diabo e voltam às antigas práticas. Ora, caso não se emendem, serão surpreendidas pelo inimigo, tal qual Israel e Judá, e mais sete demônios à sua porta! (Mt 12.45).

O Dia do acerto de contas chegará, e devemos estar preparados! Amar o Senhor significa obedecer a Ele. Não podemos seguir um de Seus preceitos e ignorar outro. A vontade de Deus é boa, agradável e perfeita, e devemos experimentá-la (Rm 12.2). Se alguém se entregou a Cristo, mas se moldou ao mundo, precisa converter-se verdadeiramente ou amargará derrotas, e o seu pranto de nada adiantará.  

Aquele que serve a Deus com alegria é abençoado independentemente das circunstâncias. O verdadeiro amor é duradouro, e quem o recebe não troca a presença do Senhor por nada. Abra os ouvidos para a Palavra e permaneça olhando para o Autor e Consumador da nossa fé. Só assim, você terá forças para resistir à tentação do pecado em o Nome de Jesus!

Em Cristo, com amor, 

R. R. Soares

 

 

Deus de amor! Como os filhos de Israel puderam se esquecer do Teu cuidado? Tu lhes deste uma terra que mana leite e mel, mas eles taparam os ouvidos aos conselhos dos Teus profetas, entregando-se a outros deuses. Quanta ingratidão! 

Tu nos amaste primeiro e, por Teu livramento, enviando Jesus ao madeiro em nosso lugar, devemos sempre Te agradar. Tu nos deste o Consolador, que nos conduzirá à Canaã celestial. Senhor, obrigado pelo Teu cuidado! 

Não permitas que nos iludamos com os prazeres deste século! Que a Tua Palavra, a maior de todas as profecias, esteja em nosso coração. Temos a Tua bênção, e o cativeiro não é lugar para nós, que O amamos. Amém!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração