ongrace.com

> Mensagem de Hoje

12/02/2020 - APÓS A EXPERIÊNCIA DE MISERICÓRDIA

  • Envie por Email
  • Imprimir
E Saulo levantou-se da terra e, abrindo os olhos, não via a ninguém. E, guiando-o pela mão, o conduziram a Damasco.  Atos 9.8


A experiência de Saulo no caminho de Damasco foi de misericórdia. Veja, ele tinha se preparado para destruir os cristãos e já estava nessa missão fazia algum tempo. Esse perseguidor ia em direção à capital da Síria, a fim de destruir a obra de Deus naquela cidade, prendendo a quem obedecia ao Ide de Jesus. O Senhor poderia tê-lo fulminado no trajeto, porém, sendo misericordioso, salvou-o, e Saulo entendeu por quê.

Não sabemos quanto tempo ele ficou caído no chão, mas, tremendo e atônito, respondeu, chamando Cristo de Senhor e perguntando como deveria proceder. Prestando atenção à primeira orientação, levantou-se. O homem que cai sempre deve se erguer, quando receber do Senhor essa ordem. Entenda: após a salvação, Deus dirá pela Palavra o que você deve ou não fazer.

Deixe o Altíssimo instruí-lo depois da salvação. Caso aja sem ter recebido o mandamento, talvez você esteja fazendo a obra dos seus sonhos, mas não a do Senhor. Tudo o que o homem fizer fora da direção divina não é recebido por Deus (Jo 5.34,41), porque vem da carne, e esta não tem valor (Jo 6.63). Espere pelo Senhor, e Ele irá dirigi-lo.

É importante obedecer a Cristo desde o momento em que O recebeu como seu Senhor. Um ex-sacerdote de certa religião me disse, após sua conversão e seu batismo, que ele seria pastor. Eu respondi, porém, que ele deveria buscar a direção de Deus, pois o fato de ele ter sido um sacerdote não significava que tivesse a chamada para o ministério evangélico. Chamar qualquer obreiro de pastor é um erro comum ultimamente.

Depois de ter se levantado, Saulo abriu os olhos e não enxergou ninguém. O resplendor da glória divina o fizera ficar cego. Ele deveria entrar na cidade, mas, para isso, teve de ser levado pela mão. Isso mostra que a pessoa salva ainda não vê nada e precisa ser guiada nos assuntos espirituais. Desse modo, acertará o caminho. Quem conduz alguém a Cristo deve se preocupar com esse “bebê espiritual” e conduzi-lo ao alvo. Ore com fé!

Não sabemos a distância de onde Saulo se encontrava até Damasco, mas, no trajeto, recebeu a ajuda de alguém experiente. Dessa mesma forma, temos de auxiliar aqueles que nascem na família de Deus. Senão, alguns lobos devoradores surgirão para destruí-los com suas doutrinas antibíblicas e causar-lhes prejuízos. Quem não conhece o Senhor pelas Escrituras sempre procura destruir os recém-convertidos.

Vivemos em uma época descrita pelo apóstolo Paulo como tempos difíceis. Há os que não suportam a sã doutrina e, por isso, confundirão os recém-chegados ao Reino de Deus. Cuidar das ovelhas do bom Pastor foi a ordem que Pedro recebeu do Mestre, quando Este lhe perguntou se ele O amava (Jo 21.15-17). O amor de Deus deve nos mover a guardar os nossos irmãos. Pense nisso!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Senhor, Doador da vida! O que ocorreu no caminho de Damasco prova que Tu és compassivo. Saulo havia consentido na morte de Estêvão, mas este pediu que o pecado dos seus algozes não lhes fosse imputado. Obrigado, Pai!

Aquele pedido foi ouvido e atendido por Ti. Por isso, o homem que estava chegando a Damasco, para perseguir e prender Teus servos, pôde ser resgatado. Que a Igreja de hoje imite os irmãos do passado!

O Teu Filho, nosso Salvador, a Quem deste todo o poder nos Céus e na Terra, veio e tratou pessoalmente com Saulo, levando-o ao arrependimento e consequente salvação. Assim, Tu foste louvado! És Deus de amor! Amém!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração