ongrace.com

> Mensagem de Hoje

21/06/2014 - ARMA EFICAZ

  • Envie por Email
  • Imprimir
Invocarei o nome do SENHOR, que é digno de louvor, e ficarei livre dos meus inimigos. Salmo 18.3


Os salvos têm a seu dispor a faculdade de invocar o Nome do Senhor e, desse modo, serem livres de todos os males que os oprimem. Apesar de o Altíssimo habitar naqueles que O têm como Salvador e Senhor, faz-se necessário invocar esse Nome para derrotar o inimigo. Os que vivem esperando que o Pai os ajude ou faça algo por eles ainda não aprenderam que somos nós que, sob a direção divina, fazemos a guerra.

O Nome do Senhor é a arma eficaz que temos de levar sempre conosco. Não há demônio que consiga resistir a quem faz uso das prerrogativas que esse Nome lhe confere. Quando usamos o Nome de Jesus com fé, na mesma hora, colocamos o poder divino operando em nosso favor; com isso, a obra passa a ser do Todo-Poderoso. A autoridade de Deus está no Seu Nome, e, quando fazemos uso dele, é como se o Senhor fizesse a obra pessoalmente.

Ao fazer uso do Nome de Jesus, faça-o de todo o seu coração, com toda a sua alma e com todas as suas forças. Caso contrário, o inimigo não lhe obedecerá e continuará a fustigá-lo. A ordem deve ser dada com precisão e determinação, como o próprio Senhor fazia. Ele ordenou ao espírito mudo e surdo que dominava o garoto de Marcos 9, dizendo que saísse e não voltasse mais; por isso, o demônio obedeceu à ordem do Mestre.

O melhor momento para repreender o mal que o assedia é quando estiver em comunhão com o Senhor, ou quando sentir que chegou o momento de agir. A Palavra diz que o sábio sabe o tempo e o modo (Ec 8.5). Portanto, não fique brincando de orar ou repreender o maligno. Muitas vezes, o demônio parece bobo, mas a verdade é que ele está se fazendo de tal, pois é mestre em usar artifícios para continuar oprimindo suas vítimas.

Ao lançar mão do Nome do Senhor, considere a obra feita. Um dos cinco passos para recebermos a bênção, conforme Jesus ensinou em Marcos 11.22,23, é crer que será feito o que dissermos. Ora, se não aprender a acreditar que as suas ordens serão acatadas, o inimigo começará a fazer “corpo mole” e, por mais que você o repreenda, ele sabe que, em pouco tempo, você desistirá das suas determinações.

A operação de Deus se desenrolará após você ter dado sua ordem, se tiver agido sobre o que Jesus disse em João 14.13. Quando usamos o Nome de Jesus com fé, o Salvador garante que fará a obra para que o Pai seja glorificado no Filho. Sempre deve haver um propósito bem maior em suas petições, além da libertação do sofrimento, da cura ou qualquer outra bênção pleiteada: o Pai deve ser glorificado no Filho.

O salmista Davi, rei de Israel, provou, inúmeras vezes, que esse Nome era digno de louvor. Todos os salvos também devem e podem provar isso; desse modo, poderão ensinar a todos com mais convicção, levando-os a provarem o quanto serão bem-sucedidos fazendo uso dele. O Nome do Senhor é o segredo para vencermos sempre.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Guerreiro invencível! Assim podemos Te chamar, pois, se Te invocarmos em todas as lutas, obteremos a vitória completa. Então, Senhor, oro agora em favor dos meus leitores, das pessoas que clamam comigo e estão oprimidas de alguma forma.

Se guardarmos os mandamentos, não experimentaremos nenhum mal. Porém, muitas vezes, não prestamos atenção ao que dizes e, por estarmos ocupados com outras coisas, deixamo-nos levar por aquilo que, mais tarde, irá causar-nos grandes problemas.

Agora, entro em batalha contra o mal que domina este leitor, invocando o Teu Nome de todo o meu coração e, definitivamente, não aceito nenhuma obra das trevas nem permito que ela continue nessa vida. Em o Nome de Jesus, todo mal saia agora e não volte mais!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração