ongrace.com

> Mensagem de Hoje

25/07/2020 - AS OVELHAS NÃO OUVIRAM

  • Envie por Email
  • Imprimir
Todos quantos vieram antes de mim são ladrões e salteadores, mas as ovelhas não os ouviram.   João 10.8


A obra de evangelização é a mais importante que se pode fazer em todos os lugares. A pessoa chamada para essa missão deve conhecer o Senhor e preparar-se para ir ao campo missionário, sabendo levar a Mensagem até os perdidos, tendo o conhecimento de como Deus opera. Então, descobrirá que, apesar de muitos dos seus ouvintes terem sido criados em variadas doutrinas, eles não criam nelas.

Todos os seres humanos pertencem a Deus, o Porteiro do curral. Mesmo em países onde são cultuados os mais estranhos deuses, ou a rígida doutrina religiosa ensina o contrário do Evangelho, os seus adeptos servem a tal prática por desconhecerem a Palavra. No entanto, quando escutam as Boas-Novas de Jesus, entendem que encontraram a Verdade e se convertem.

Os seguidores dos mais diversos caminhos, os quais trouxeram diferentes preceitos e normas que não concordam com a divina Palavra, têm tudo para viverem frustrados, embora façam as mesmas preces aos pés dos que se proclamam autoridades espirituais. No fundo, eles sabem que aquilo é falso, pois falta a unção divina, que traz o convencimento. Por essa razão, é fácil falar de Jesus para eles, pois Ele faz maravilhas.

Agora, quem não crê que o Senhor opera hoje, conforme operou no passado, mesmo que a Bíblia afirme que Ele é o mesmo hoje, como foi ontem e será amanhã (Hb 13.8), deixa de dar o testemunho bíblico: E grande multidão o seguia, porque via os sinais que operava sobre os enfermos (Jo 6.2). Fica evidente que, se Cristo tivesse ido às pessoas somente falando de Deus, sem manifestar o poder divino, elas não O teriam seguido. Vigie!

Sempre que Jesus enviava os discípulos para pregarem o Evangelho, mandava-os curar os doentes e libertar os oprimidos. O Mestre sabia que, assim, as pessoas discerniriam se aquela mensagem era ou não do Pai celestial. Quem mudar as declarações do Senhor nunca O verá responder às suas orações, como ocorria com o Messias. Afinal, não se pode colocar outro fundamento, ainda que o pregador esteja imbuído de bons motivos.

Jesus chama Seus antecessores de ladrões e salteadores, porque a porta do curral não tinha sido aberta. Quem prega Cristo como a Solução para qualquer problema e faz a obra como Ele fazia esvazia o estábulo. Isso acontece porque se pode ver o poder de Deus atuar como no passado, quando a Luz do mundo brilhava: Falou-lhes, pois, Jesus outra vez, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida (Jo 8.12).

Quando Deus abre a Porta, o Seu poder liberta os envolvidos com o espírito imundo, as doenças e demais erros. Assim, esses passam a viver bem. Aquele que ainda é prisioneiro das forças malignas deve dar atenção maior à Palavra do Senhor, pois a Verdade liberta todos! Aleluia!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Pai! Chegamos diante de Ti para receber o que nos é dado gratuitamente na fé em Jesus, nosso Senhor. Tu és o nosso perfeito Deus e Pai, por isso não temeremos as ameaças do inimigo. Afinal, na fé em Cristo, venceremos!

Os ladrões e salteadores roubaram muitos que confiaram a própria vida aos dogmas religiosos. Porém, ao ouvirem a Tua Palavra, eles serão libertos, porque a doutrina do Evangelho é irresistível. Somente Ela é conforme Tu és!

Ajuda-nos a levar o conhecimento da Verdade, a qual liberta quem aprende de Ti. O diabo nunca saciou as pessoas, nem poderia, pois só Tu salvas os que ouvem a Tua voz. Obrigado por nos dares a completa salvação. Amém!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Que providência deve tomar um casal maduro, que não quer ter mais filhos? Não acho certo a mulher tomar anticoncepcionais, pois são prejudicias à saúde, e a Bíblia nos...

Eu penso que assuntos como esse devem ser decididos pelas próprias pessoas envolvidas. A Bíblia não fala diretamente sobre vasectomia ou laqueadura de trompas, pois o...

»VEJA MAIS