ongrace.com

> Mensagem de Hoje

27/08/2014 - AS PALAVRAS IDENTIFICAM QUEM AS PRONUNCIA

  • Envie por Email
  • Imprimir
Ora, ele disse isso não pelo cuidado que tivesse dos pobres, mas porque era ladrão, e tinha a bolsa, e tirava o que ali se lançava.  João 12.6


As palavras e as ações localizam e identificam as pessoas. Basta você ficar atento às orientações do Senhor para entender a razão de alguns fatos observados nas reuniões do Evangelho. Quem não está bem na fé nos causa estranheza por suas atitudes e observações. Assemelha-se à pessoa que se esforça para integrar um grupo, mas não compartilha dos mesmos costumes. 

Era um tempo de pura alegria em Betânia. Faltavam seis dias para a Páscoa dos judeus (Jo 12.1-11). Assim, fizeram uma ceia para o Senhor, e Marta servia. Ali, encontrava-se Lázaro, a quem o Mestre havia ressuscitado dentre os mortos. Sem dúvida, aquela era uma das melhores ocasiões para os ensinamentos de Jesus.

Eu daria tudo para tomar parte daquele momento de santidade, no qual o Mestre, o Criador de todas as coisas, estava sentado à mesa. Que prazer poder me sentar ao Seu lado e ouvir de Sua boca a mensagem divina! Muitas pessoas participavam daquele encontro, dentre elas os discípulos. Há quem não perceba o quanto pode aprender em uma reunião com o Salvador, mesmo sendo um jantar ou grupo de oração.

Maria, a irmã que gostava de se assentar aos pés do Messias, satisfeita por seu irmão ter sido ressuscitado, fez algo especial para demonstrar o seu amor ao Senhor. Ela trouxe uma libra de um unguento de nardo puro, de alto valor, e ungiu os pés de Jesus e os enxugava com seus cabelos; o perfume se fez sentir em toda a casa. Aquilo foi recebido por todos como uma boa ação, menos para Judas Iscariotes.

Judas, o tesoureiro do grupo de Jesus, ficou chateado com a atitude de Maria e reclamou. Segundo ele, aquilo era um desperdício, pois ela poderia ter vendido o perfume e doado o valor da venda aos pobres. No entanto, a preocupação dele era uma desculpa. Como era ladrão, o desejo de Judas era lançar o dinheiro na bolsa, pois, assim, poderia subtrair mais. 

Fique atento com a reação das pessoas que estão afastadas de Deus. Quem está em pecado não enxerga os assuntos espirituais como são de fato, e sim de acordo com sua vontade pervertida. Os adúlteros, mentirosos ou qualquer outro com conduta repreensível serão incitados pelo demônio para falar ou fazer algo fora da Palavra. Se você estiver em espírito, verá quem realmente está por trás daquela palavra ou ação.

Quem se encontra no erro só visa às próprias vantagens, e não à vontade de Deus. Se essa pessoa assumir algum ministério, logo aparecerá com decisões que, se forem permitidas, atrapalharão a igreja. Cuidado! A escola aberta por Judas Iscariotes ainda não fechou, e seus alunos sempre trarão novidades.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Senhor, digno de adoração! Que lição: as pessoas podem ser identificadas pelo que falam. Com esse ensinamento e estando em Tua presença, localizaremos quem prejudica a Tua obra.

Aprendemos que a reação de quem não Te serve é estranha aos Teus filhos. Assim, adúlteros, ladrões, maldosos e demais simuladores, por não resistirem ao ambiente santo, fazem suas más observações. Porém, obrigado pela ajuda, Pai!

A desculpa de Judas era ajudar os pobres, mas outras justificativas mentirosas serão descobertas na caminhada cristã. Nem a alegria de estar ao Teu lado servirá para tirar um mau propósito de um coração perverso. No entanto, Teus servos saberão discerni-lo.

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Ola missionário preciso de orientação. Estou cansada de esperar que a minha vida financeira possa melhorar, já orei, determinei, me tornei dizimista e patrocinadora do...

Crer nas promessas bíblicas é um ótimo começo, mas não é tudo. A pessoa precisa também pôr em prática os ensinamentos da Palavra, como o capítulo 3 de Provérbios...

»VEJA MAIS