ongrace.com

> Mensagem de Hoje

01/10/2010 - ATÉ O SENHOR DEUS TESTIFICA

  • Envie por Email
  • Imprimir



“Testificando também Deus com eles, por sinais, e milagres, e várias maravilhas, e dons do Espírito Santo, distribuídos por sua vontade?” (Hebreus 2.4).

    A obra do Senhor não é feita de qualquer maneira (Jeremias 48.10), nem é o homem quem tem a primazia de executá-la. Na verdade, Deus é quem dirige a realização da Sua vontade, ocupando o posto de comando. Se prestarmos atenção ao que Ele nos ensina, haveremos de fazê-la do mesmo modo que Jesus a realizava. Mas, se decidirmos o que pregar, como orar e onde devemos ir, sem dúvida, nosso trabalho será inútil.
    Não podemos negar que o homem tem condições de atrair multidões por si mesmo, mas o que é feito sem a direção divina, mesmo que seja algo de muito sucesso, não tem valor espiritual. O Mestre ensinou que o que é nascido da carne é carne (João 3.6) e para nada se aproveita. Quem não quiser perder tempo na realização da obra de Deus deverá buscar a orientação do Senhor para não trabalhar em vão. Afinal, a obra é dEle, e Ele sabe como conduzi-la.
    O nosso Pai testifica conosco quando estamos debaixo de Sua direção. Por outro lado, se alguém estiver fazendo o que acha certo, mas não tiver a mão do Senhor guiando-o, descobrirá que é difícil e pesada a sua caminhada. Pouco resultado na consecução do ministério significa que a pessoa não está debaixo do plano de Deus, mas, sim, seguindo o plano do homem.
    Com a primeira igreja cristã, o Senhor testificava a obra realizada por meio de sinais, milagres e maravilhas. Será que Aquele que não muda mudou? Teria Ele novos planos e outras estratégias? O homem é outro hoje, ou é o velho pecador com os mesmos vícios, defeitos e pecados? A verdade é que não precisamos usar as técnicas da ciência para atrair as pessoas à igreja, nem da ajuda dos profissionais de marketing para conseguir adeptos. O que é necessário para obter os mesmos resultados do tempo dos apóstolos é fazer o que Eles faziam, vivendo aos pés de Deus como eles viviam.  
    Os dons do Espírito Santo eram comuns entre os primeiros cristãos. Nas igrejas onde eles não se manifestam, é difícil haver novos convertidos. Só mesmo a operação espiritual do Senhor fará com que as pessoas dirijam-se para a casa de Deus e aceitem Jesus como Senhor e Salvador. Sem profecia – a Palavra de Deus inspirada –, o povo se corrompe (Provérbios 29.18). Onde Deus não opera, o que impera é a vontade da carne. Só mesmo com a unção divina, veremos muitas conversões, como ocorria nos tempos bíblicos. A cura de Eneias, por exemplo, fez com que todos os habitantes de Lida e Sarona se convertessem (Atos 9.35). A esse respeito, também podemos destacar a ressurreição de Tabita, que levou muitos habitantes de Jope a crerem no Senhor (Atos 9.40).
    Não deveríamos fazer nada fora da vontade divina. A era dos milagres não passou. A diferença entre o cristianismo e outras religiões é que, alem de o Evangelho não ser religião, ele é vivo e traz consigo a mensagem redentora.

    Em Cristo, com amor,

    R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração