ongrace.com

> Mensagem de Hoje

15/08/2015 - BRAÇO DE DEUS

  • Envie por Email
  • Imprimir
Desperta, desperta, veste-te de força, ó braço do SENHOR; desperta como nos dias passados, como nas gerações antigas; não és tu aquele que cortou em pedaços a Raabe e feriu o dragão? Isaías 51.9


A mensagem destinada à Igreja e a todos os seus membros é que despertem, pois, se continuarem no sono espiritual, nada de especial lhes acontecerá. Do jeito que vivemos, somos diferentes dos religiosos em pouca coisa. Eles falam de Deus, mas nada os convence de que o Senhor está no meio deles. Com isso, não cumprem a missão que o Mestre lhes deu: evangelizar.

Deus espera mais de nós, porque fomos salvos e todas as profecias da Bíblia já se cumpriram a nosso respeito. Se continuarmos a “servir” ao Senhor como temos feito, os perdidos não se converterão, e as coisas vão ficar cada vez piores. Até quando permitiremos que o inimigo ria de nós? Ele já foi derrotado pelo Salvador – o Cabeça da Igreja. Temos de nos vestir da força que nos foi dada para fazermos a obra plenamente.

Por ordem divina, Isaías nos chama de braço do Senhor. Isso significa que somos nós que realizamos a obra divina na Terra. Temos o poder para amarrar e também soltar, mas nada fazemos. O mundanismo avança, as vãs filosofias abundam em toda parte, a violência descomunal contra inocentes cresce, pessoas sofrem por motivos religiosos ou raciais, e somente lamentamos. Por que não amarramos os demônios que disseminam o mal?

É preciso despertar como no passado, a exemplo de Israel, que, quando deixava o Senhor, era oprimido por vários povos. Contudo, ao trilhar o caminho certo, Deus levantava um juiz ou profeta, e este exercia a autoridade divina e libertava o povo. Inertes, temos visto os nossos irmãos serem dominados por diversos males e nada temos feito. Onde estão as mensagens que fazem as pessoas se voltarem para o Eterno e se converterem de verdade?

É só olhar os exemplos bíblicos, os quais tipificam o que acontece hoje no mundo espiritual, e empreender a volta de toda a congregação ao Senhor. Então, vestindo-nos de força, suplantaremos as trevas. Com isso, a obra será feita como é do agrado de Deus. Já nos foi dado poder sobre o inimigo, com a garantia de que nada nos causará dano. Há alguma coisa mais importante para a Igreja fazer?

O Senhor recorda a Israel que, quando fazia a Sua vontade, essa nação se tornou tão poderosa, que fez Raabe confessar que as forças do seu povo haviam sido despedaçadas. Os grandes atos de Deus de secar o mar Vermelho e levar os reis amorreus Seom e Ogue a derrota devem ser repetidos. Ele está pronto para operar da mesma forma; basta crermos nEle e partirmos para realizar a Sua perfeita obra.

O diabo, que durante muito tempo havia dominado o povo de Canaã, agora estava ferido. Ora, a grande derrota de Satanás ocorreu na morte de Jesus. Por isso, não temos de temer o gênio do mal, mas de enfrentá-lo e vencê-lo, pois ele já está derrotado. Desperte, Igreja! 

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Senhor, nossa Força! Como temos dormido, deixando de realizar a Tua grande obra! Com isso, o mundo experimenta a destruição. Precisamos despertar e nos vestir da força que já nos foi dada. Que sejamos a Igreja do poder!

Somos o Teu braço aqui na Terra, mas Tu não tens um braço fraco. Por isso, pedimos ajuda para buscar e receber a autoridade que nos foi destinada. Então, mostraremos a todos quem Tu és e o que podes fazer por eles. A lição tem de começar em nossa casa.

Que aprendamos com a igreja do Antigo Testamento, que, apesar de estar sob a Lei, podia enfrentar o inimigo e vencê-lo. Estamos sob a graça, a fé, a unção e o Teu Nome. Contudo, em vez de vencermos, dormimos. Desperta-nos para Te honrarmos. Amém!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

A paz, missionário eu tenho 38 anos e fumo a 22, assisto todos os dias o seu programa na TV e começamos a frequentar a igreja da Graça em nossa cidade. Tenho orado várias...

Algumas vezes, é necessário mudar outras coisas em seus hábitos, para a completa libertação do cigarro. Se o seu vício estivesse ligado apenas a uma dominação...

»VEJA MAIS