ongrace.com

> Mensagem de Hoje

12/10/2016 - CAMINHO DE TRÊS DIAS

  • Envie por Email
  • Imprimir
E eles disseram: O Deus dos hebreus nos encontrou; portanto, deixa-nos agora ir caminho de três dias ao deserto, para que ofereçamos sacrifícios ao SENHOR e ele não venha sobre nós com pestilência ou com espada. Êxodo 5.3


Quem obedece a Deus tem o testemunho dEle a seu favor. Faraó sabia que Moisés e Arão não estavam mentindo. Hoje, os perdidos também enxergarão a verdade da nossa palavra ao falarmos a respeito das revelações do Altíssimo. Aquele que cumprir os mandamentos do Senhor sempre terá a assistência dEle. Por outro lado, os rebeldes ficarão sozinhos, por não darem atenção às ordenanças do Pai celeste.

Uma coisa deve ser lembrada: o enviado de Deus fala as palavras dEle; não há como colocar ou retirar parte do recado divino sem sofrer consequências. Entenda: quem faz isso intervém na essência da Palavra, tirando a pureza da revelação. O prejuízo para aquele que está prestes a sofrer esse tipo de tentação será considerável, e o nosso, bem desastroso. Portanto, seja fiel ao que lhe foi ordenado e não tema obedecer a Deus, pois Ele está com você.

Moisés e Arão obedeceram ao Senhor, ao levarem a Sua mensagem até o Egito. O rei entendeu que isso era obra de Deus; porém, como servia a muitos deuses, todos mentirosos, o monarca não deu a devida atenção ao recado divino. Certamente, aqueles demônios que se passavam por deuses nunca cumpriam nenhuma de suas ameaças, mas, ao comparar o Senhor com os sujos espíritos malignos aos quais adorava, Faraó foi longe demais.

Ao ouvir de Moisés e Arão que o Deus dos hebreus os havia encontrado, se Faraó tivesse sido homem de bem, no mesmo instante teria se curvado ao que lhe foi dito e pediria ajuda para encontrar a verdadeira Majestade, porque, por certo, seus problemas teriam fim e ele seria abençoado. No entanto, como preferiu desprezar essa palavra e enfrentar o verdadeiro Deus, o rei viu o preço alto pago por ele e sua nação.

Moisés tinha ordem de tirar o povo de Israel da escravidão, por isso pediu que Faraó lhes permitisse ir caminho de três dias ao deserto. Semelhantemente, esse foi o mesmo período  três dias  que Jesus levou, no reino da maldade, antes de ressuscitar, para despir o diabo do poder que havia roubado do homem. O rei negou, pois sabia que essa ação lhe tiraria a mão de obra barata, a qual o ajudava muito. Ninguém pode se valer da subserviência de alguém. Creia, Deus é justiça e vingará o salário dos oprimidos.

 O povo de Israel teria de oferecer sacrifícios de adoração ao Senhor, e, na verdade, quando alguém se liberta do cativeiro do pecado, isso já é como um louvor a Deus. O Altíssimo é glorificado quando você toma posse da bênção, torna-se alguém de valor nas mãos dEle e passa a ser bem-aventurado em todas as coisas. Com isso em mente, lute para prosperar, sair das dívidas, ser curado e viver de modo santo e digno de ser chamado filho de Deus.

Como uma profecia para o rei do Egito, o Tirado das Águas avisou-lhe que tudo deveria ser feito a fim de o Senhor não os atingir com pestilência. Não importa quem você seja nem o que faça: esforce-se para Deus Se alegrar com as suas atitudes; ao agir assim, você será bem-sucedido.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus dos três dias de caminhada! Quando nos encontraste, Tu nos mudaste. O que era triste passou a ser alegre; as doenças e demais males desapareceram; os problemas deram lugar à solução, e a tristeza e frustração desapareceram.

Precisamos ir caminho de três dias, período em que Jesus enfrentou as forças do mal e as despiu da autoridade que haviam roubado de nós. Agora, somos mais que vencedores e não tememos encontrar quem feria as pessoas, pois temos um recado. 

A mensagem que recebemos é esta: oferecer sacrifícios de louvor a Ti, com lábios que não mais servem ao inimigo. Não importa se o maligno nos ataca ou se nos faz ameaças; já fomos libertos pelo sangue de Cristo e temos autoridade sobre Satanás. Aleluia!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração