ongrace.com

> Mensagem de Hoje

05/10/2012 - CASAMENTO PERFEITO

  • Envie por Email
  • Imprimir
E desposar-te-ei comigo para sempre; desposar-te-ei comigo em justiça, e em juízo, e em benignidade, e em misericórdias. E desposar-te-ei comigo em fidelidade, e conhecerás o SENHOR. Oseias 2.19,20


O Senhor compara a um casamento nossa filiação à Sua família. Em Sua Palavra, o Criador declara que odeia o divórcio (Ml 2.16). Então, independentemente do que tenha acontecido, vá a Ele e confesse o seu erro. Como Zaqueu, componha-se com quem você defraudou, e, então, Ele diz que não Se divorciará de você. Não há como uma pessoa ser separada de Deus, a menos que o queira, pois Ele já adiantou Sua decisão: o Seu casamento conosco é para sempre.

Oseias foi usado de modo rigoroso para nos dar lições preciosas. Os que se sentem enjeitados pelo Senhor devem observar que Ele fez tudo isso para ajudar aqueles que o demônio levaria ao erro e, depois, iria convencê-los de que não há mais perdão para eles. Se este for o seu caso, ore agora mesmo, agradecendo ao Pai por tamanha misericórdia. O Altíssimo o quer de qualquer modo; para isso, Ele próprio desfará suas iniquidades (Is 44.22).

Nosso casamento com o Salvador foi feito em justiça, na obra dEle no Calvário. O preço pago foi muito alto – a própria vida de Jesus (Is 53.4,5). Por isso, aquele que crê, ainda que se tenha afundado no pecado, não deve permitir que Satanás o convença de que não lhe resta mais alternativa, a não ser caminhar para a perdição. Você já está casado com o Senhor, e, ao confessar e abandonar seu erro, Ele não o despedirá.

O ato que o libertou do inimigo foi realizado; por essa razão, as dívidas passadas já foram pagas. Entretanto, se voltou a cair, agora mesmo reconheça seu erro, aceite o perdão do Senhor e se assuma de novo na Palavra. O poder do Pai está ao seu lado para ajudá-lo a se livrar completamente do laço do passarinheiro (Sl 91.3). De agora em diante, o que fizer com essa revelação determinará seu futuro. Então, livre-se do erro!

O Senhor ainda declara que Seu casamento conosco foi feito em benignidade – bondosa esperança e misericórdia. Ele não procurou algo bom em nós para que pudéssemos ser desposados, mas, ao contrário, mesmo vendo o que éramos, desposou-nos. Para isso, Ele usou toda a Sua misericórdia. Agora, não há mais jeito: somos dEle. O inimigo pode falar o que quiser, mas nossa união com o Criador é fato que durará pela eternidade.

Por fim, o Senhor declara que também nos recebeu como parte de Seu ser em fidelidade; por isso, Ele jamais nos abandonará. Agora, o que temos de fazer é conhecê-lO como a nossa Metade que nos dá todo o valor de que precisamos. Ele é maravilhoso, não é?

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Missionário, gostaria de saber se participar dessas grandes romarias onde se reunem milhares de pessoas levando uma imagem e adorando-a é pecado? E o que o senhor me...

Somos um país majoritariamente católico e místico, característica que leva milhões de pessoas a praticarem atos como o que vc descreve. Respeitamos e amamos todas essas...

»VEJA MAIS