ongrace.com

> Mensagem de Hoje

05/09/2009 - É CERTO PEDIR UM SINAL A DEUS?

  • Envie por Email
  • Imprimir



Pede para ti ao SENHOR, teu Deus, um sinal; pede-o ou embaixo nas profundezas ou em cima nas alturas (Isaías 7.11).

Podemos pedir a Deus um sinal de confirmação da Sua vontade? Na verdade, não devemos fazer como Gideão, que colocou velos de lã no campo a fim de saber se o Senhor realmente livraria Israel (Juízes 6.37), porque não há sinal melhor do que a comprovação pela Palavra em nosso coração. No entanto, mesmo assim, o Altíssimo usa outros métodos.

O Todo-Poderoso deseja realizar, hoje, tudo aquilo que Ele fez no passado. Sendo Deus, tem poder para enviar o maná de novo para o sustento de Seu povo. Na realidade, Ele ainda multiplica alimentos, prolonga ou interrompe o tempo, livra os que O temem de prisões, tempestades, além de operar outras maravilhas. Por que tentar o Senhor, que é onipotente, pedindo-Lhe um sinal, se Ele já nos tem falado ao coração?

Se não estivermos certos de que Deus nos revelou algo, podemos orar por uma confirmação. Ele usa Seus servos para nos mostrar a direção a seguir, como também esfria o nosso coração em relação a algo que pensávamos ser dEle ou nos aquece o anseio de possuir tal bênção. Tudo isso pode ser considerado sinal de que Ele nos está dirigindo. Agora, quando a certeza já nos foi dada, deixar de crer no que Ele nos falou é tentá-lO.

Caso não haja convicção de que algo provém da vontade do Senhor, devemos orar pedindo que Ele nos ajude a entender o que deve ser feito. A seguir, fiquemos atentos, pois o Todo-Poderoso nos mostrará o caminho. A Bíblia declara que, por duas ou três testemunhas, toda palavra se firmará (2 Coríntios 13.1). Essa é a maneira mais correta de sabermos qual é a vontade de Deus para todas as dúvidas que tivermos. Pelo menos dois ou três versículos serão usados para que entendamos aquilo que Ele quer que façamos.

Muita gente gosta de imitar Gideão. Ele havia tido um encontro maravilhoso com o Senhor e sabia qual era a vontade do Criador. Porém, por fraqueza, orou a Deus a fim de que o Todo-Poderoso lhe mostrasse se, de fato, Ele queria ou não libertar Israel por intermédio dele. Já Acaz, rei de Judá, ouviu essa oferta dos lábios de Isaías, o profeta, e recusou pedir um sinal. Para ele, tal procedimento era uma forma de tentar o Eterno (Is 7.11,12).

O melhor sinal é a confirmação pela Palavra em nosso coração. De posse da fé – a certeza do que se espera (Hebreus 11.1) –, não é necessário pedir um sinal. Depois que a fé nos foi concedida, o que temos de fazer é pôr mãos à obra para que a promessa se cumpra.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração