ongrace.com

> Mensagem de Hoje

09/05/2018 - COMO ELE NOS AMOU

  • Envie por Email
  • Imprimir
O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei. João 15.12


 

Deus nos deu o Seu Espírito para fazermos a Sua obra, usando as qualidades produzidas por Ele em nós, Seus filhos. O trabalho é realizado pelo Senhor em parceria conosco. Quando o Senhor nos dá uma missão, Ele visa ao nosso bem-estar no presente e no futuro. Estando ocupados em realizá-la, nada nos faltará, porque Ele suprirá todas as nossas necessidades em glória, por Cristo Jesus (Fp 4.19). No cumprimento do dever, desde que o façamos por pura obediência e não com algum propósito escuso, o eterno Deus tomará conta de todas as coisas que nos pertencem. Então, tudo sairá de modo perfeito.

Após o pecado, não havia um justo sequer que pudesse morrer em favor da humanidade e, assim, salvar o homem da morte eterna. Por isso, a escolha recaiu sobre Seu Unigênito Filho, a Sua Palavra. Por obra e graça do Santo Espírito, a semente divina da vida foi plantada no ventre de uma virgem chamada Maria, e ela concebeu. O bebê que nasceu em Belém de Judá veio com um propósito: sofrer os nossos pecados, males e doenças.

Na operação para concepção, nascimento e morte de Jesus, a humanidade foi beneficiada, e Ele mais ainda, pois, depois de ter trazido a tão grande salvação, recebeu todo o poder nos Céus e na Terra. Da mesma forma, quando o Senhor nos chama para executar algo, não só abençoaremos muitas vidas, mas também seremos abençoados por tudo o que fizermos. Mesmo antes da consumação do mundo, teremos sidos retribuídos.

Nem de longe, eu imaginava que aquele encontro com Cristo aos 20 anos de idade, na casa do meu avô paterno, fosse mudar a minha vida completamente. Por ter aceitado tal chamado, tenho conseguido levar milhares de vidas aos pés do Senhor, e isso me dará eterno galardão. Não fuja de nenhuma tarefa dada por Deus, pois, além de Ele ajudá-lo no cumprimento dela, você receberá a sua recompensa. O Pai celestial sempre é fiel!

Os meus patrocinadores, aqueles que vão ao banco todos os meses, contribuem para que a mensagem de Deus alcance milhões de pessoas pelo mundo. Então, naquele Dia, receberão a coroa da justiça. Tendo sido sábios, também resplandecerão com o fulgor do firmamento. Por nos terem ajudado a ensinar a justiça a milhões de vidas, refulgirão como as estrelas sempre e eternamente (Dn 12.3). Que glória!

O Senhor nos deu o seguinte mandamento: que nos amemos uns aos outros, como Ele nos amou. Isso não significa ficar sempre nos abraçando e dizendo uns que nos amamos, e outras coisas mais. No entanto, devemos estar atentos a como podemos socorrer mais os nossos irmãos, conduzir os pecadores ao Reino de Deus e interceder por quem o Pai deseja que abençoemos.

Temos de amar do mesmo modo como Cristo nos amou, obedecendo à missão que Ele nos deu e usando-a em todo o tempo em favor dos membros da família de Deus e de quem ainda não se entregou ao Senhor, a fim de que seja salvo. A nossa vida deve ser de constante oração e súplicas diante do Altíssimo. Então, teremos o melhor dEle. Obedecer é a solução!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Pai, nosso Exemplo de amor! Quando Jesus aceitou a Tua missão, foi bom para a humanidade e para Ele também, pois, ao consumar a obra da redenção, Ele recebeu todo o poder nos Céus e na Terra. Aleluia!

Tu nos deste um mandamento do qual não devemos abrir mão, e sim cumpri-lo em toda a sua extensão. Ajuda-nos a ficar atentos, vigiando e orando, para não entrarmos em tentação. A Ti seja a glória!

Temos de obedecer ao que nos mandas fazer na Tua obra. Nada pode nos separar desse chamado, porque há multidões sofrendo por não Te conhecerem nem saberem qual é a Tua vontade. Queremos ser fieis às Tuas ordenanças!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Missionario, q a paz de Cristo esteja contigo! Bem tenho uma duvida. quando determinamos algo, como a cura de uma enfermidade, se voltarmos a determinar a mesma coisa mais de...

A determinação não é algo que faça Deus "resolver nos atender", como vc diz no final de sua pergunta. Não determinamos nada a Deus, muito ao contrário, pois Ele é o...

»VEJA MAIS