ongrace.com

> Mensagem de Hoje

31/03/2012 - COMO EVITAR A NECESSIDADE E A MISÉRIA

  • Envie por Email
  • Imprimir


Ouça a mensagem

Necessidade padecerá o que ama os prazeres; o que ama o vinho e o azeite nunca enriquecerá.

Provérbios 21.17

A Escritura é taxativa ao dizer que o mundo está no maligno (1 Jo 5.19), por isso os prazeres oferecidos por ele são inspirados pelo diabo para iludir quem ainda não provou o dom da salvação. É possível conhecer as pessoas por aquilo de que elas gostam. Os perdidos, sejam ricos ou pobres, vivem em função das coisas mundanas; já aqueles que nasceram de novo têm seu prazer na obra do Senhor. O que pode ser dito a seu respeito?

É fato que o mundo alimenta os perdidos com seus enganos e, por isso, muitos cometem graves erros. Embora ninguém queira ser traído pelo cônjuge, por exemplo, a maioria das pessoas adora pensar na possibilidade de ter um caso pecaminoso fora do casamento, se é que já não o teve. Os perdidos vivem pensando em festas, naquilo que é proibido pela Palavra, e não veem dificuldade em se dar a essas coisas, porque o espírito que os governa só tem prazer quando eles fazem o que lhe agrada.

Já os que têm juízo buscam cumprir a vontade divina. Aquilo que para os não salvos tem muita importância é algo repugnante para os salvos. A alegria dos filhos de Deus é de serem usados por Ele. Os perdidos amam o vinho e o que este faz em suas vidas, mas os que são do Altíssimo não sentem prazer nessa bebida, ou em outra coisa que possa entorpecê-los, pois sabem que a lucidez é necessária para amar o Pai.

Aqueles que provaram o novo nascimento não dão importância para o azeite e demais condimentos que alegram os ímpios, uma vez que comem de algo melhor – o Pão dos céus. No entanto, a pessoa que ainda está nas trevas adora mudar de restaurante, experimentar novos pratos e, muitas vezes, nem acorda para o fato de que a obesidade e outras doenças que a atacam têm origem no que ela come.

Na verdade, o alimento que o Senhor dá aos Seus filhos – o Pão do Céu – é o que proporciona contentamento a quem serve a Deus de fato. O melhor é que esse alimento nos enriquece de sabedoria, fornece o entendimento de todas as coisas e nos fortalece para guerrear. Quem se alimenta dele jamais tem fome. O cristão é medido pela saúde espiritual de que desfruta.

O milagre da mudança em nossa vida acontecerá pelo Pão dos Céus, se o consumirmos. Se fizermos uso da fé que a Palavra nos dá, teremos poder para vencer. É bom fugirmos dos temperos que, maldosamente, alguns colocam na mensagem de Deus, pois eles impedem que o Senhor opere em nosso favor. Quem se alimenta do Pão dos Céus de nada tem falta.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração