ongrace.com

> Mensagem de Hoje

09/01/2016 - CONDIÇÃO PARA ENTRAR NO REINO

  • Envie por Email
  • Imprimir
Em verdade vos digo que qualquer que não receber o Reino de Deus como uma criança de maneira nenhuma entrará nele.  Marcos 10.15


É lindo ver a inocência e a fé que marcam a infância. As crianças tratam todos com meiguice e ternura, e sequer suspeitam algum mal, ainda que algumas pessoas sejam perigosas. Sem dúvida, os infantes têm uma proteção divina especial, pois os seus anjos veem a face do Pai (Mt 18.10). O fato de Jesus ter dito aos discípulos que não impedissem as crianças de se chegarem a Ele mostra que devemos dar atenção a elas.

Ninguém será aceito no Reino de Deus se estiver tomado por cobiça, malícia ou supondo coisas ruins. Ter o coração puro é condição essencial para fazer parte dos salvos. Segundo o Mestre, somente os puros de coração verão o Senhor (Mt 5.8). O único modo de nos purificarmos é crermos que Jesus sofreu e carregou as nossas iniquidades e transgressões (Is 53.5). Portanto, a atitude correta é crermos no que o Salvador realizou por nós.

Deixe o Espírito Santo preparar o seu coração, a fim de aceitar o convite do Mestre para entrar e possuir o Reino que nos está preparado desde a fundação do mundo (Mt 25.34). Um dos segredos para não perder o tempo da visitação do Altíssimo é vigiar sempre, pois não se sabe quando Ele virá (Mt 24.42). Os que não observam as advertências bíblicas tropeçam e não entendem que precisam ser diferentes dos demais.

Outro fato importante é que, além de ser necessário ser como criança para ingressar no maravilhoso domínio do Senhor, você também tem de ser forte para resistir às tentações e não se deixar levar por nenhuma mentira do inimigo. Ainda que tudo ateste que certas ações erradas são justificáveis, não caia nesse engano, pois, na verdade, por trás de toda má interpretação da Palavra está o príncipe das trevas. Assuma a sua posição em Cristo.

Quem crê no Todo-Poderoso está bem adiantado no processo da salvação. Ao cumprir as fases do arrependimento, a sua alma começa a se alegrar, visto que, a cada passo que dá em direção a Deus, Ele caminha em Sua direção. Simplesmente, declare-se na posse do que lhe é dado em Jesus e seja vitorioso. Se não usar a sua fé para se libertar, o demônio sempre o manterá preso às suas histórias mentirosas.

Ao dizer que quem não se tornar como criança de modo algum entrará no Reino de Deus, eu enxergo que o Messias falava da necessidade de lutarmos para não deixarmos que a meiguice e a pureza de coração se afastem de nós. Ora, isso é requisito não somente para fazermos parte da Sua Casa, mas também nos mantermos nela. Não há preço a se pagar para estar na felicidade eterna; basta crer.

Por fim, se a fé em Cristo já brilhou em seu coração, o Senhor lhe estendeu o convite para ser membro de Sua família. Assim, você não será mais endereço das obras das trevas. Quem aceita o divino convite de receber Jesus como Salvador recebe o poder para se tornar Filho de Deus. Viva essa realidade!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Senhor! A nossa mensagem não deve somente anunciar que todos podem ser salvos, mas também que precisamos ser como crianças para termos entrada garantida no Teu Reino. Que a pureza e a meiguice nunca se apartem de nós.

Dói pensar que algumas pessoas não atentam para a necessidade de se tornar como os pequeninos. Que este meu leitor cumpra esse requisito básico e seja admitido em Tua presença. Só os puros Te verão.

Olhe para todo aquele que demonstrou o desejo de ser salvo e, se ele ainda não está qualificado, dá-lhe condições de assumir o lugar dele na vida eterna, preparada para os fiéis.

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Missionário, em sua resposta a uma pergunta o senhor disse que a pessoa que não age com sabedoria arca com as consequências Galatas 6.7. Eu pergunto: mesmo a pessoa sendo...

É claro que todos sofrem as consequências de suas escolhas, sejam elas boas ou não. A lei da sementeira, que diz que colhemos o que plantamos vale para todos, e não só...

»VEJA MAIS