ongrace.com

> Mensagem de Hoje

26/05/2015 - CONSOLANDO MUTUAMENTE

  • Envie por Email
  • Imprimir
Isto é, para que juntamente convosco eu seja consolado pela fé mútua, tanto vossa como minha. Romanos 1.12


Paulo demonstra que queria ver os irmãos de Roma para lhes comunicar algum dom especial, a fim de que se sentissem confortados. Quando temos um desejo vindo de Deus, devemos fazer o possível para torná-lo realidade, pois, sem essa bênção, muitos ficarão sem a ajuda divina. O Senhor opera por intermédio daqueles que Lhe obedecem, e não de Seus anjos ou arcanjos.

Todos os seguidores de Jesus deveriam ter esse mesmo anseio. Desse modo, o encontro com seus irmãos em Cristo, a fim de enriquecê-los com muitas bênçãos, seria aguardado com muita expectativa. Desde que tenhamos a direção do Senhor, tudo ocorrerá na mais perfeita ordem. Agora, se agirmos pela orientação de algum ramo da ciência, não funcionará como Deus quer.

O apóstolo falava de ser consolado mutuamente pela fé que Deus havia concedido tanto a ele como aos irmãos romanos. Por trás dessas palavras, há uma revelação que jamais conseguiremos alcançar se não obedecermos à instrução do Altíssimo. A fé que Ele dá a uma pessoa é tão forte que resolverá os problemas dela, se ela agir como a própria fé ensina, e servirá para ajudar outros, pois essa fé traz uma cobertura capaz de abrigá-los.

O apóstolo tinha pensado em ir a Roma para alcançar algum fruto. Seria bom que os cristãos fizessem o mesmo em suas férias. Afinal, quando comunicamos o que  Deus nos tem dado e recebemos o que Ele tem dado a outros, a nossa vida melhora muito e ajudamos uns aos outros. Ora, não é à toa que o Senhor nos manda fazer o bem a todos, principalmente aos domésticos da fé (Gl 6.10).

Para Paulo, a salvação o fez devedor a gregos e a bárbaros, a sábios e a ignorantes (Rm 1.14). Da mesma forma, devemos ir aos povos da Terra, porque, eles são nossos irmãos pelos laços de Adão e Noé. Desde que Jesus pagou o preço para salvar toda a humanidade, por que desprezar um e amar a outro? Para o nosso Deus, tanto faz a pessoa ser de um país de primeiro ou do quarto mundo.

O apóstolo afirmava estar pronto para anunciar o Evangelho aos habitantes de Roma, pois sabia que o Evangelho era o poder de Deus. A exemplo dele, temos de nos preparar para propagar as Boas-Novas em todas as nações. Quando o Senhor nos abrir uma porta, devemos entrar logo e não tentar nos preparar de última hora. Os servos do Altíssimo precisam se aprontar antes do primeiro toque.

Pense no que você faz na obra divina; afinal, para um propósito você foi conduzido ao Reino de Deus. Com certeza, fomos salvos para servir e levar o poder do Senhor aos sofredores. Então, em um abrir e fechar de olhos, veremos pessoas de todas as partes curvando-se ante o Altíssimo, como ocorreu com Jonas em Nínive (Jn 3.5).

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Autor da salvação! Não há nada mais precioso do que ganhar os perdidos para o Teu Reino e, depois, vê-los se desenvolverem e começarem a fazer a Tua obra. Quem não produz vidas para Ti não sabe o quanto se arrependerá.

Paulo queria ver os romanos para lhes transmitir algum dom. Além disso, desejava que fossem consolados mutuamente, pois isso faria muito bem a  todos. Que os irmãos não vivam só para o presente século, mas também para fazer a Tua vontade!

Todo cristão tem de estar pronto para pregar o Evangelho onde Tu o enviares. Que a boca dos Teus filhos seja usada para falar de Cristo e levar os perdidos à salvação. Obrigado por tudo!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Fui batizada no Espírito Santo, só que só acontece na hora do louvor, é como se eu estivesse cantando e não consigo controlar minha língua. Ainda estou empolgada com o...

Dizer o que, minha irmã? Siga e prossiga louvando ao Senhor e se aprofundando nas Escrituras e na oração, que o próprio Espírito Santo irá conduzi-la à maturidade cada...

»VEJA MAIS