ongrace.com

> Mensagem de Hoje

16/03/2020 - CONSULTE O SENHOR

  • Envie por Email
  • Imprimir
E consultou Davi ao SENHOR, dizendo: Irei eu e ferirei estes filisteus? E disse o SENHOR a Davi: Vai, e ferirás os filisteus, e livrarás Queila. 1 Samuel 23.2


Davi fugiu de Saul como um escravo foge do seu senhor, mas nunca perdeu o temor a Deus. Mesmo em apuros, preocupou-se com seu povo. Era seu jeito de demonstrar que a chamada de pastor já se revelava nele. Assim como observamos o carinho de uma menina quando brinca com sua boneca e a chama de filha, conhecemos quem foi convocado pelo Senhor para o ministério, vendo o amor que ele mostra ao tratar a vida espiritual das pessoas.

Por ser um guerreiro bem-sucedido nas batalhas, inclusive contra um leão e um urso que tomaram as ovelhas do pasto de seu pai, Davi poderia ter enfrentado Saul, a fim de destruí-lo. Afinal, o propósito desse rei era acabar com a vida do jovem pastor. Mas quem teme a Deus espera sempre pela justiça dEle.

A obediência ao Senhor fez Davi respeitar a unção sobre aquele rei; por isso, recusou-se a levantar a mão contra o ungido de Deus. Quando vemos pessoas, iniciantes ou veteranas na fé, insurgindo-se contra seus líderes, falando do que ouviram dizer, devemos orar por elas. Com certeza, falta-lhes o temor a Deus. Quem O teme respeita os Seus ungidos!

Ao ouvir que a cidade de Queila estava sendo atacada pelos filisteus, Davi se sentiu tocado a ir guerrear em favor dela. Porém, como sabia que nada podia fazer sem o Todo-Poderoso, consultou-O se devia se envolver naquela peleja, já que o rei de Israel era quem deveria fazer algo. O Senhor estava treinando o futuro governante; então, deu a ele a primazia de realizar aquela obra. Deus ainda age desse modo para capacitar novos líderes!

Jesus disse que, sem Ele, nada podemos fazer (Jo 15.5). Mas, infelizmente, insistimos em agir sem confirmar com o Senhor se o nosso desejo vem dos Céus ou de nós mesmos. Não podemos entrar em uma peleja sem a direção divina; caso contrário, amargaremos o fracasso. Lembre-se de que não somos os chefes, e sim servos de Deus, a Quem devemos honrar!

O Pai prometeu que, se rogarmos a Ele, obteremos a resposta. Por que não clamarmos em cada situação? Será que não nos importamos com a derrota? Parece que sim, não é verdade? O seu tempo pode chegar mais cedo do que você pensa, mas, primeiro, seja aprovado nas provas do Altíssimo. Sirva a Ele com temor e fé; assim, você se apresentará a Ele aprovado, sem nada para se envergonhar (2 Tm 2.15).

A decisão de Davi em orar pedindo direção mostra que sua obediência era completa. Aqueles que desejam servir ao Senhor com sabedoria e prudência devem fazer o mesmo. Nós acabamos de chegar ao Reino dos Céus e temos muito a aprender, antes de ensinarmos aos outros algo que nem sabemos direito. Deus não anda atrasado nem adiantado, mas sempre conduz a Sua obra!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Senhor a Quem devemos recorrer! Precisamos buscar a Tua orientação para enfrentarmos os inimigos, porque ainda não estamos preparados. Jamais podemos brincar na Tua obra nem deixar de nos considerar servos. Por isso, pedimos a Tua direção!

Temos ouvido de outras “Queilas” sendo atacadas, e nada fazemos. Às vezes, passa em nosso coração o anseio de ajudar os que estão sob as ameaças do inimigo. Porém, como não são membros da nossa família, desistimos de ir a Ti para interceder por eles.

Dá-nos não somente um espírito pronto para executar a Tua justiça, mas também um espírito de servo. A Tua vontade deve ser a nossa preocupação. Quem sabe, se tens preparado outros para socorrerem os necessitados! Mas, se esse for Teu plano para nós, obedeceremos!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Numa igreja ouvi que o plano celeste é perfeito, portanto, não havia como os anjos ter livre arbítrio. Como vi em outras perg., um anjo caiu por causa da vaidade que nasceu...

Sinceramente, não sei no que mudaria a vida de quem quer que seja saber se anjos têm ou não livre-arbítrio. Nós o temos, e é por isso que o Senhor nos chama a nos...

»VEJA MAIS