ongrace.com

> Mensagem de Hoje

16/10/2012 - CUIDADO COM A HONRA DE DEUS

  • Envie por Email
  • Imprimir
O filho honrará o pai, e o servo, ao seu senhor; e, se eu sou Pai, onde está a minha honra? E, se eu sou Senhor, onde está o meu temor? — diz o SENHOR dos Exércitos a vós, ó sacerdotes, que desprezais o meu nome e dizeis: Em que desprezamos nós o teu nome?  Malaquias 1.6


Até os dias do profeta Malaquias, animais sem defeito e sem mácula eram sacrificados a Deus; porém, com o passar dos tempos, as pessoas deixavam de ofertar-Lhe o que havia de melhor. Os sacerdotes, por sua vez, nada falavam a respeito de tal atitude, pois queriam agradar à sua congregação. Então, mesmo sabendo que o Senhor havia exigido sacrifícios perfeitos (Lv 22.21,22), imolavam animais cegos e coxos, desobedecendo, assim, àquele mandamento. Hoje, devemos sacrificar nossa vida no altar do Senhor, despida de qualquer erro.

A teologia da facilidade faz com que o homem não veja nada de mais em beber um copo de vinho, depois um litro e, então, a quantidade que quiser. Na minha juventude, certo homem, que se dizia irmão em Cristo, falou-me que fora a um bar para beber um chope. Quando declarei que ele não temia o Senhor por ingerir bebida com álcool, disse-me claramente: “Nosso pastor bebe vinho, cujo teor alcoólico é bem maior do que os 12% de álcool que há na cerveja”.

Se a igreja não prega a Verdade, as pessoas se deixam enganar pelo diabo. Desse irmão, inclusive, foi descoberto que também fazia outras coisas que os santos de Deus não devem fazer. As suas ofertas, o seu testemunho e tudo mais que fizesse para o Senhor eram como os animais com defeitos, oferecidos pelos sacerdotes – prática abominada pelo Senhor (Dt 17.1). Não podemos abrir mão da santidade, pois, se o fizermos, daremos contas de vidas que se perderão para sempre.

De nada vale as pessoas se desculparem pelo fato de a igreja ter uma membresia grande demais, dizendo que, por isso, não é possível saber o que as pessoas fazem fora da casa do Senhor. Ora, se o pregador anunciar a Verdade do púlpito – a mensagem que o Espírito de Deus lhe dá –, toda a congregação será santificada. Se, porém, ele se deixar levar pela cobiça, será responsável pela destruição de seus “convertidos”. É melhor ter a igreja vazia do que repleta de indivíduos que não respeitam o Altíssimo (Ml 1.10).

As igrejas cujos líderes forem fiéis em transmitir a mensagem que o Senhor lhes ordena nunca ficarão vazias. Por outro lado, quem receber os que forem encontrados com algum defeito e os oferecer, sem dúvida, será rejeitado. Nada pode tirar o lugar do respeito que se deve ter ao Senhor da seara; por isso, erra muito quem faz a obra de Deus relaxadamente (Jr 48.10)

É preciso evitar os que são useiros e vezeiros em desprezar o altar divino. Somente os que forem santos verão o Senhor (Mt 5.8; Hb 12.14). Portanto, não assuma o pecado de ninguém; faça a obra no temor do Altíssimo, pois, de outro modo, não será obra de Deus.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Fui batizada em uma igreja unicista,mas não concordava com algumas doutrinas realizadas na mesma,hoje frequento uma outra e o batismo é realisada em nome do pai do filho e do...

O ritual do batismo não salva ninguém, é sempre bom ressaltar isso. O que salva é a fé no Senhor Jesus e o arrependimento dos pecados, elementos espirituais que o batismo...

»VEJA MAIS