ongrace.com

> Mensagem de Hoje

06/04/2009 - CUIDADO COM O JURAMENTO DE DEUS

  • Envie por Email
  • Imprimir



Assim, jurei na minha ira que não entrarão no meu repouso (Hebreus 3.11).

Nenhuma palavra do Senhor falhará (Josué 21.45, Salmo 119.160), tampouco a que Ele jurou. Quem ouve a voz de Deus, mas não cumpre o que lhe é mandado está em situação crítica, pois somente entrarão no repouso do Senhor os que obedecem ao Senhor. Ao não crermos no que Ele fala, estamos provocando-O, por isso, nunca devemos endurecer o coração após termos ouvido Deus falar e precisamos fazer tudo para não faltarmos ao descanso do Senhor. O suplício eterno é sério demais.

O Criador de todas as coisas tem Seus planos. Do nada Ele fez tudo existir. O que o Altíssimo tinha em mente? Não sabemos. Por que teve tanto trabalho em criar todas as coisas e, por fim, o homem? Isso também nos é oculto. No entanto, foi um plano maravilhoso, disso não resta dúvida, e podemos ter certeza de que o ser humano foi a obra-prima de Suas mãos. Todas as coisas foram criadas antes do homem, para que esse não tivesse falta de nada.

O pecado cometido por Adão foi uma traição. Com essa atitude, ele nos vendeu ao diabo, e o plano de Deus foi frustrado. Contudo, o Senhor não desistiu do Seu desejo e, para cumpri-lo, enviou Seu Filho ao mundo para pagar o débito da traição do primeiro homem. Cristo fez tudo: desceu ao nosso nível, tomando a nossa forma, deu testemunho da Verdade, sofreu as nossas culpas, morreu e ressuscitou para a nossa justificação. Sua Palavra declara que tudo foi feito e só temos de aceitá-lO como Salvador para voltarmos a ser de Deus (João 1.12).

Quem não aceita Sua Palavra O faz mentiroso e não entrará no repouso preparado pelo Senhor, assim como os israelitas a caminho de Canaã não puderam entrar na Terra da Promessa. Não há pecado maior do que descrer do Altíssimo. Não se submeter à Palavra de Deus é o ato mais tolo que alguém pode praticar. O mesmo vale para o cristão a quem o Pai fala por meio das Escrituras. O servo de Deus sabe o que lhe é mandado fazer, mas, por causa de tantas situações, deixa a Palavra para segundo plano. No entanto, no grande Dia, verá que foi insensatez pura.

O Senhor havia jurado que colocaria os filhos de Israel na Terra Prometida (Gênesis 12.7; 15.18; 17.8; Êxodo 3.8). Eles, porém, preferiram dar ouvidos aos dez espias que trouxeram a informação negativa (Números 13 e 14). Resultado: nenhum deles pôde desfrutar do que lhes Deus havia preparado (Números 20). Isso é uma advertência do que acontecerá a todo aquele que não crer no que o Pai afirma.

Não temos opção: se crermos, passaremos a eternidade ao Seu lado; se não crermos, continuaremos debaixo da autoridade do maligno e seremos lançados no lago de fogo e enxofre, preparado para o diabo e seus anjos (Mateus 13.41,42; Marcos 16.16; João 8.24; Apocalipse 20.15). Descrer da voz do Senhor é provocá-lO (Sl 78.40). O sofrimento eterno é real e será o preço pago pela rebeldia.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração