ongrace.com

> Mensagem de Hoje

02/12/2020 - DECLARADO FILHO DE DEUS

  • Envie por Email
  • Imprimir
Declarado Filho de Deus em poder, segundo o Espírito de santificação, pela ressurreição dos mortos, Jesus Cristo, nosso Senhor. Romanos 1.4


No início da carta aos Romanos, o apóstolo Paulo afirma que Jesus foi declarado Filho de Deus em poder. Ele havia Se despido dessa prerrogativa, quando veio ao mundo para nos resgatar do cativeiro do pecado e de suas consequências (Fp 2.5-11). Não foi um decreto que nos libertou das garras do diabo, e sim a obra de Cristo. Não somente fomos libertos, mas também vencemos o tentador, porque o Salvador levou sobre Si os nossos pecados (Is 53.4,5).

Em Seu sacrifício, Jesus esteve sozinho no Inferno, batalhou contra o reino maligno e venceu Satanás e os demônios. Não dá para imaginar a luta que Ele empreendeu e o quanto o acusador tentou segurar a Sua posição. Ao terminar a obra, o Espírito Santo foi ao sepulcro e vivificou Jesus. E, no poder do mesmo Espírito, o Redentor ressuscitou dentre os mortos (Rm 8.11). Antes de voltar ao Pai, Cristo deu as últimas instruções aos discípulos e ascendeu ao Céu!

Quando aceitamos Jesus como Salvador, somos declarados filhos de Deus (Jo 1.12). Ele só é Pai de quem é filho. Vamos assumir a nossa posição de salvos e agir de acordo com as Escrituras! Não temos de mendigar nem deixar de nos assentar à mesa preparada para nós na presença dos nossos inimigos (Sl 23.5). O inimigo range os dentes com ódio, mas nem nos importamos com essas ameaças.

O Consolador, que nos santifica na Palavra, ao vir sobre nós, traz a declaração de que somos propriedade de Deus. Nada mais pode nos tirar dessa nova posição em Cristo (Rm 8.16). Agora, temos de passar a agir como filhos da luz, pessoas recriadas para uma viva esperança (1 Pe 1.3). Somos mais do que vencedores em Jesus!

Se somos filhos do Todo-Poderoso, por que não proceder como tais? A obra do Onipotente deve ser realizada enquanto estamos aqui, pois teremos de prestar contas dos talentos recebidos das mãos dEle. Não há o que temer quando cumprimos a vontade divina; afinal, estamos vestidos da Sua proteção, a couraça da justiça (Ef 6.14). Somos protegidos por Quem é perfeito. Aleluia!

Caso você ainda caminhe na carne, oprimido pelos maus pensamentos e pelas tentações, aproveite e se purifique dessas coisas, reivindicando a santidade pedida por Jesus antes de voltar aos Céus: Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade (Jo 17.17). O Salvador nunca teve um só pedido negado (Jo 11.42); então, creia que a sua santificação é possível. Quem anda com o Senhor O tem consigo sempre.

O mesmo poder que ressuscitou Jesus, o qual também nos ressuscitará no último Dia, declara: O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus (Rm 8.16). Só falta você se assumir. Cristo assumiu o que o Pai disse sobre Ele (Mt 28.18). Faça isso!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus que declarou Jesus Seu Filho! Que linda afirmação fizeste, pois se cumpriu a Tua Palavra a respeito do Salvador. Cremos no que Ele disse quando nos avisou que não nos lançaria fora. Obrigado por nos fazeres Teus herdeiros!

Queremos cumprir o Teu plano, quando projetaste a nossa filiação. Podemos declarar que somos Teus filhos, pois, ao recebermos Jesus, Tu nos deste o poder de sermos chamados assim. A Ti seja a glória!

Esperamos o dia em que Jesus nos buscará, a fim de nos tirar deste mundo pecaminoso. A nossa vida está escondida em Ti. O reino do mal nunca nos oprimirá de novo. Somos os sucessores da Tua obra!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

ola Missionario: gostaria que o senhor me esclarecesse uma duvida. Se nós vendermos algum bem, devemos dar o dizimo desse valor? e se é tirado a vida de uma pessoa ele...

O dízimo é a décima parte do que ganhamos, seja do modo que for. Se vc vende algo, o dízimo deve incidir no valor do lucro que vc alcançou com a venda. Quanto à morte de...

»VEJA MAIS