ongrace.com

> Mensagem de Hoje

04/04/2010 - DECLARAÇÃO DE FÉ

  • Envie por Email
  • Imprimir



DECLARAÇÃO DE FÉ

“Porque em ti, SENHOR, espero; tu, Senhor, meu Deus, me ouvirás” (Salmo 38.15).

Preste atenção nas declarações que você faz. Onde quer que esteja, vigie a respeito do que sai da sua boca, pois isso reflete o que está em seu coração (Mateus 12.34). Se você observar que tem proferido palavras negativas, ore a respeito disso e comece a colocar a Palavra de Deus em seu interior, para que a sua confissão seja positiva. O mesmo deve ser feito com o que você fala ao orar, porque, muitas vezes, após uma oração bonita e poderosa, nós confessamos tanta coisa negativa que inviabilizamos a resposta divina.

A declaração do salmista revela a certeza que tinha de que o Senhor ouviria suas orações e responderia a elas. Ele depositou a sua esperança nAquele que nunca falha, que cumpre o que promete e, para os Seus, faz mais do que eles pedem e desejam (Efésios 3.20). Quem também chegar a esse ponto estará fazendo um bem muito grande para a própria vida. Aguardar no Altíssimo é esperar na Pessoa certa; é descansar nas promessas divinas e não dar a mínima atenção às ameaças do inimigo. Não espere do homem, da igreja ou de qualquer outra fonte, pois tudo pode decepcioná-lo. No entanto, quem espera no Senhor sempre alcançará a vitória; afinal, o nosso Deus não decepciona ninguém que confia nEle.

Depois de esperar no Altíssimo, o salmista faz uma confissão dupla: Tu, Senhor, meu Deus, me ouvirás. Ao chamá-lO de Senhor, o salmista estava desmoralizando qualquer outra entidade que tenta passar-se por Deus. Só Ele é Senhor, dono de tudo, que não tem impedimento para operar, que está em todas as partes e faz todas as coisas, segundo o conselho de Sua vontade. Assim é o Todo-Poderoso: inigualável e invencível.

Que maravilha o salmista dizer que o Altíssimo era o seu Deus! Pense nisto: Aquele que tem todo o poder nos Céus e na Terra, cujos pensamentos não podem ser impedidos, é o nosso Deus; então, não precisamos de mais nada. Sem esse entendimento, entramos nas batalhas para ver se ganharemos ou não. No entanto, a verdade é que, tendo o Pai como o nosso Senhor, não haverá batalha que não conquistaremos e problemas para os quais não encontraremos solução. Afinal, Ele é ou não o nosso Deus?

O que precisamos fazer é nos assumir em Cristo. Ele é o nosso Deus, o Capitão da nossa vitória, Aquele que sempre nos conduz em triunfo. Seja o que for que Ele lhe der como missão, faça! Não se assuste nem tema assumir o que lhe vem à mão para fazer, pois Ele irá ajudá-lo e fortalecê-lo com o Seu poder invencível. Ele o escolheu para ser Seu representante nesta vida. Sendo assim, não O decepcione; faça dEle o seu Senhor!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Missionário, acerca da história de José, eu gostaria de saber se o senhor acha que ele precisava ir para a cadeia para se tornar rei do Egito e que isto tudo era o plano do...

Quem somos nós para julgar quem quer que seja, quanto mais alguém como José? Se ele era orgulhoso, eu não sei e nem preciso saber; isso é coisa entre José e o Senhor....

»VEJA MAIS