ongrace.com

> Mensagem de Hoje

29/09/2016 - DESESPERO NAS CRISES

  • Envie por Email
  • Imprimir
Por que morreremos diante dos teus olhos, tanto nós como a nossa terra? Compra-nos a nós e à nossa terra por pão, e nós e a nossa terra seremos servos de Faraó; dá semente para que vivamos e não morramos, e a terra não se desole. Gênesis 47.19


Os que são de Deus devem se preparar para as lutas que virão sobre a humanidade, como Jesus disse: são o princípio das dores (Mt 24.8). Temos visto fome, pestilências, terremotos, maremotos e demais catástrofes, e isso nem se compara com o que atingirá os habitantes da Terra. Temos de investir o que o Senhor colocar em nossas mãos para resgatar o homem da eterna perdição. O socorro providenciado pelo Todo-Poderoso é crer no Evangelho.

O Altíssimo usou José na interpretação do sonho de Faraó acerca dos sete anos de prosperidade que o Egito desfrutaria e também dos sete anos de vacas magras, nos quais muita gente morreria de fome. O potentado egípcio soube ouvi-lo, ficando alarmado com o sonho e, mais ainda, com o seu significado. Depois disso, deu a José o governo do país e, desse modo, não só o seu povo foi salvo, mas também outras nações, que se humilharam e foram até ele.

Após ter sido colocado como primeiro-ministro do Egito, José foi usado para a preservação da vida de sua família e de tantas outras. Ora, fomos iluminados pelo Altíssimo para mostrar que há salvação somente em Jesus, e não nas religiões. Agora, somos responsáveis por apresentar a Verdade às pessoas. Aleluia e amém!

Quando estavam no segundo ano da fome, os egípcios foram até José e propuseram vender a terra para comprar comida e, assim, sobreviver. Não podemos perder a oportunidade de fornecer o alimento verdadeiro, o qual dá forças ao homem para não se prostituir nem se tornar servo do diabo, e sim viver com dignidade. A diferença entre o alimento que damos e o de José é que o nosso resolve qualquer problema e não custa nada. Jamais abuse de quem está em crise!

Eis uma das lições maravilhosas que tiramos desse fato: José não enriqueceu com o dom recebido do Senhor, mas tornou faraó rico. Desse modo, devemos ser servos que enriquecem muitos, e não somente nos servir do Altíssimo. Não é correto nem justo usar a sabedoria divina em proveito próprio. Temos de levar os perdidos ao arrependimento e à salvação. Não busque a glória transitória, e sim a eterna. Vivendo a santidade, você agradará ao Deus santo e poderoso!

Somos colocados para ser bênção aos nossos patrões, aos pobres a quem devemos sustentar e a todos aqueles que vivem debaixo da opressão do inimigo. Precisamos dar testemunho da Verdade e conduzi-los à liberdade em Cristo. Seja responsável e use bem os talentos que lhe foram confiados, pois, quando menos esperar, você será chamado para prestar contas da sua mordomia. Então, o que você dirá? Vigie e ore para não entrar em tentação. Seja santo, pois o Senhor santo é.

Os filhos do Altíssimo que desejam ficar ricos e só miram a prosperidade, e não o Reino de Deus, caem nas arapucas do maligno. José fez dos egípcios escravos de Faraó (Gn 47.21 – ARA), e nós devemos fazer daqueles que buscam o nosso favor verdadeiros servos de Deus. O que você diz?

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Senhor! A fome que se abateu sobre o Egito é nada em comparação com os males que virão sobre a humanidade, conforme a Tua Palavra nos adverte. Acorda as pessoas para que não sejam surpreendidas, pois estamos vivendo o período de descobrir a Verdade.

Quando a aflição toma conta de um coração, a pessoa vende o que tem para conseguir suprir suas necessidades. Assim, muitos fracos se prostituem, roubam e se comprometem com os espíritos malignos, que os escravizará para sempre. Temos de pregar a Verdade a todos.

Estamos dando o Pão da Vida de graça, mas as pessoas têm de “vender” a custo zero a fé que possuem em ídolos, falsos deuses ou na presunção de que são especiais. Temos de “comprar” essas vidas sofridas e perdidas, levando-as para a Verdade.

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração