ongrace.com

> Mensagem de Hoje

22/03/2019 - DIGA QUE MARCHEM

  • Envie por Email
  • Imprimir
Então, disse o SENHOR a Moisés: Por que clamas a mim? Dize aos filhos de Israel que marchem. Êxodo 14.15


O medo que os israelitas sentiram ao ouvir que Faraó e todo o seu exército estavam indo atrás deles fez todos desanimarem e desejarem voltar ao Egito. Isso levou Moisés a também se desligar um pouco da sua fé e orar sem sentido. Então, em um ímpeto divino, o Altíssimo bradou, perguntando ao Seu servo por que clamava a Ele, em vez de dizer ao povo que marchasse. Há tempo para tudo!

Quando sabemos o que fazer, não precisamos clamar ao Senhor; afinal, se houver mais instruções, Ele nos dará. Muitas vezes, eu me pego repetindo o que não tem sentido, pois já ouvi de Deus o suficiente para não parar, e sim andar no caminho indicado por Ele. Não podemos condenar Moisés por ficar clamando, se o Altíssimo não o condenou; apenas o advertiu. Que Ele nos advirta sempre!

Não dá para bancarmos os durões, condenando os outros sem confessar que, às vezes, fazemos igual. É difícil tirar cerca de três milhões de pessoas do cativeiro e levá-las à Terra da Liberdade, se, entre os peregrinos, há todo tipo de gente e de problemas. Alguns eram idosos; outros, crianças, além do gado que levavam: bois, ovelhas e barracas, víveres e demais itens necessários à viagem. Moisés era o líder deles!

Quantas vezes surgiram questões entre uns e outros no arraial? Não sabemos. Imagine uma multidão como a população de Salvador ou Belo Horizonte. Era esse número que ele tinha sob a sua guarda. Ele não possuía polícia, alto-falante e nenhum meio para tê-los sob seu controle, a não ser a autoridade divina. Quantas vezes um mal surgiu entre eles, e Moisés teve de buscar a direção do Alto para solucionar o conflito ou a peste?

Quando as senhoras entravam em trabalho de parto diariamente, era preciso esperar um tempo para seguir adiante. Era complicado ser líder naqueles dias, mas, em todo o percurso, Deus ajudou Moisés e deu solução às dificuldades. Só mesmo quem tinha unção divina podia ocupar um lugar como aquele. Ele era o responsável por todas as coisas que ocorressem com os israelitas, e isso durou 40 anos. A misericórdia o cercava!

Ao sentir que ele e o povo passariam pelo mar, Moisés resolveu orar mais, e Deus mandou que dissesse ao povo que marchasse. Não temos de saber tudo o que o Senhor fará. Caso contrário, não seria pela fé a caminhada. Temos de confiar na onisciência do Pai, o qual há de prover os meios de nos levar a bom termo. Quando o Onipotente decide fazer algo, ninguém pode impedi-Lo. Quem confia sabe que Deus é maior do que as adversidades.

Os líderes devem ter uma dependência completa do Senhor; do contrário, falharão em cumprir o que lhes foi ordenado. A vida de milhões de pessoas está nas mãos dos que estão na direção da obra. Posso afirmar que não é difícil fazer o que Deus manda, sendo um servo fiel. Não tenha medo de ser um instrumento do Altíssimo!  

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus, nosso Comandante! Precisamos entender quando não mais clamar a Ti, e sim marchar para a realização da Tua vontade. Somos dependentes de Ti em todas as situações. Pedimos a Tua assistência para vencermos.

Quanto ao que disseste a Moisés, serve para nós. Precisamos saber quando orar e agir, para não atrasarmos o momento da nossa libertação. Tu és o Único com a direção segura. Sem Ti, nada faremos!

Marchando no momento certo, crendo em todo o tempo e louvando o Teu santo Nome, não atrapalharemos o Teu agir. Senhor, guia-nos em cada passo. Obrigado por nos conduzires em triunfo. Damos-Te a glória pela vitória!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Li em um livro (cujo autor é um conhecido pregador), que a Igreja Católica possui planos de transferir sua sede para Israel, a fim de colocar em prática seus planos para "...

Não faço a mínima idéia. Nunca ouvi ou li nada a respeito. O que faço é estudar a Bíblia Sagrada no que Ela ensina acerca do futuro e me preparo para não ser enganado...

»VEJA MAIS