ongrace.com

> Mensagem de Hoje

29/10/2009 - DOIS PEDIDOS DE GRANDE IMPORTÂNCIA

  • Envie por Email
  • Imprimir



“Torna a dar-me a alegria da tua salvação e sustém-me com um espírito voluntário” (Salmo 51.12).

O Salmo 51 fala tanto do arrependimento de Davi por ter sucumbido à tentação quanto do seu pedido de restauração. A falta da alegria da salvação o incomodava tremendamente. Aliás, seria impossível que ele fosse feliz em sua caminhada com Deus, se não tivesse a felicidade a qual experimentara em toda a sua vida e lhe dera inspiração para compor muitos cânticos. Longe do Altíssimo, o que lhe restava era o remorso de ter-se deixado levar pelo espírito do engano e do crime (2 Samuel 11.1-26).

Todos aqueles que caem provam o quanto dói afastar-se do Pai: os dias tornam-se tristes, e a vida perde o sentido, mas o que mais machuca é descobrir que viver na presença de Deus é coisa do passado. Porém, com a morte de Cristo no Calvário, ficou fácil mudar essa situação: basta que o homem se arrependa verdadeiramente e deixe Jesus morar em seu coração. Enquanto isso não ocorrer em sua alma, ele continuará como pedras que rolam de uma montanha e chegam machucadas ou ferindo os outros.

A alma do rei de Israel descobriu o caminho de volta à felicidade e clamou, pedindo que lhe fosse dada mais uma vez a alegria da salvação. Meu irmão, você também tem caído? A tristeza tem tomado conta do seu interior e feito com que se sinta o mais miserável dos mortais? Se a resposta for sim, achegue-se ao Pai em oração e clame do fundo do seu ser por restauração. Ele pode e quer renovar sua vida; porém, se você continuar com esse sentimento de culpa, com essa dor na consciência, não desfrutará dos prazeres disponíveis a quem serve genuinamente a Deus.

Quem está em comunhão com o Senhor está de bem com a vida. Então, sentir de novo a alegria é sinal de que Jesus voltou a morar em seu coração, de onde Ele saiu quando você deixou a transgressão entrar nele – isso porque Cristo e o pecado não podem conviver no mesmo espaço. Portanto, quem tiver a mente suja de maus pensamentos jamais experimentará a comunhão divina; afinal, o Senhor só mora no coração de quem tem os Seus mandamentos e os guarda.

O pecado é a coisa mais triste que pode acometer qualquer um dos filhos de Deus. Sabendo disso, o diabo é capaz de trazer as pessoas mais encantadoras para seduzi-los. Nessa hora, se o homem for insensato, pensará que ele é diferente dos outros e, por dar lugar à tentação, cairá no laço maligno.

Além da restauração da alegria, o salmista pediu que fosse sustentado com um espírito voluntário. Por temer a mão do Senhor, Davi não queria cometer um futuro erro, por isso, pediu a Deus que ele fosse tocado diante do menor desvio. Isso é o que você deve pedir também, pois esse espírito voluntário sentirá o mais leve erro e irá arrepender-se. É preciso ter cuidado, porque Satanás não para de andar ao seu redor e procurar tragá-lo (1 Pedro 5.8). Clame ao Senhor que lhe dê também um espírito voluntário e, todas as vezes que sentir a aproximação da tentação, faça a mesma oração de Davi.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Sou casada há 11 anos.
Meu esposo é pastor e vivíamos felizes na presença de Deus. Atualmente, as coisas mudaram, pois um primo dele o procurou, dizendo que ele teve...

Ele está descontrolado. Procurar a filha é certo, bem como ajudá-la no que precisar. Mas, procurar a outra do passado, que já está até mesmo casada é completamente fora...

»VEJA MAIS