ongrace.com

> Mensagem de Hoje

18/06/2014 - ENFRENTANDO UM EXÉRCITO

  • Envie por Email
  • Imprimir
Ainda que um exército me cercasse, o meu coração não temeria; ainda que a guerra se levantasse contra mim, nele confiaria. Salmo 27.3


Nenhuma das diversas experiências que você teve aconteceu por acaso, desde as mais sérias ou emocionantes até as mais tristes ou pavorosas. Sem dúvida, o Senhor Deus, em Sua imensa e poderosa sabedoria, planejou que você as tivesse como parte do seu processo de aprendizado. Com isso, tenha certeza de que as situações que vierem também serão com a permissão do Senhor, para que o seu sucesso seja verdadeiro. Deixe-O ficar na direção da sua vida.

Não importa se é um exército de demônios que o assalta ou todo o Inferno que o cerca; Deus não deixará que venha sobre você provação alguma que seja superior às Suas forças e, com a tentação, Ele sempre lhe dará o escape (1 Co 10.13). Quem é servo do Senhor não deve responder a nenhuma ameaça com a força ou sabedoria que julga possuir, mas com o inesgotável e invencível poder do Nome de nosso Senhor Jesus Cristo.

Nenhuma artimanha do Inferno impedirá a Igreja de Cristo em sua marcha triunfal para a vitória. Cumpre-nos tão somente seguir firmes, sem olhar para as intimidações e decepções que, infelizmente e certamente, teremos com a decisão de muitos. Estes se deixarão usar pelo inimigo, irão nos trair, caluniar e nos fazer muito mal. No entanto, a graça de Deus derramada sobre a nossa vida nos basta e nunca será revogada.

Portanto, não tema. Esse era o segredo daqueles que se tornaram campeões nos dias bíblicos. Eles foram firmes e valentes em todas as batalhas. O que lhes aconteceu é como exemplo do que ocorre hoje. Como o Altíssimo deu a vitória ao Seu povo naquele tempo, também nos dará agora. Somos destinados a levar adiante a Igreja do Senhor com a promessa de que as portas do Inferno não prevalecerão contra ela (Mt 16.18).

Se a guerra estourar contra nós, não será por acaso. Entretanto, respaldados pelas declarações das Escrituras, devemos acreditar que é para o nosso bem. O Senhor está no controle de tudo, e Sua mão é tão poderosa hoje quanto no momento em que declarou haja luz, e assim foi (Gn 1.3). Ele pode e quer nos usar como fez com Moisés, Josué, os juízes e os demais servos fiéis ao Seu chamado. Não negue a sua fé em Cristo por nada.

Confie sempre no que a Palavra de Deus declara. A revelação é um caminho novo e vivo que Jesus abriu para você ir a Ele quando precisar (Hb 10.20). É assim que você se revestirá de força para derrotar o mal. O Todo-Poderoso garante que, mesmo se formos infiéis, Ele permanecerá fiel, porque não pode negar a Si mesmo (2 Tm 2.13). O Pai nos ama e, ainda que O tenhamos magoado, não pode Se recusar a nos fazer o bem.

Deus jamais o deixará sem assistência. Os que, de fato, confiarem no Senhor verão que, embora o mal os cerque de maneira tal que pareça não haver saída, Ele não deixará que o cerco do inimigo prevaleça nem os derrote. O Altíssimo entrará em favor dos Seus, e tudo o que o maligno usar para oprimi-los será destruído completamente.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Altíssimo Guerreiro! Agora, sabemos que não importa a força a nos atacar, ainda que seja um exército ou todo o Inferno, não temeremos, pois cremos que Tu nos protegerás de todas as investidas do inimigo. Com isso, sempre sairemos vitoriosos das batalhas.

Nada impedirá a nossa marcha até a vitória total. Como temeremos se temos a Tua presença ao nosso lado para nos ajudar. Davi foi campeão, porque confiou em Ti e, sem dúvida, também o seremos se depositarmos em Ti a nossa confiança, porque és a Verdade.

Quanto ao que o inimigo nos tem feito, isso não prevalecerá. Agora, levantamo-nos em o Nome de Jesus e ordenamos que o mal seja destruído e abandone o nosso território. Senhor! A luta que se levantou contra nós foi para o nosso próprio bem. Obrigado!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Missionário quando o senhor fala que não devemos cruzar os braços que devemos ir atrás do problema, gostaria de saber o seguinte:Namorei um rapaz 2 anos e meio, tivemos...

A Palvavra ensina que nossa luta não é contra carne ou sangue, mas contra as forças do mal (Ef 6.12). Ou seja, você deve sim lutar em oração pelo pai de sua filha, pela...

»VEJA MAIS