ongrace.com

> Mensagem de Hoje

03/11/2018 - ENSINAVA COMO TENDO AUTORIDADE

  • Envie por Email
  • Imprimir
E maravilharam-se da sua doutrina, porque os ensinava como tendo autoridade e não como os escribas. Marcos 1.22


Jesus entrou em Cafarnaum para fazer a obra de Deus, e os Seus discípulos estavam com Ele, pois estavam aprendendo a realizá-la também. Da mesma forma, toda vez que nos leva a algum lugar, o Senhor faz isso com um bom propósito. Temos uma missão a cumprir no meio das pessoas, a qual é igual à dEle. Servir a Deus é dizer sim às Suas ordens. A nossa parte é proceder como o Mestre; do contrário, não executaremos as mesmas obras.

De início, as pessoas ficaram maravilhadas com a Sua doutrina, porque, por ter autoridade, Ele as ensinava de modo diferente dos demais mestres do mundo. Jesus não ensinava como os escribas. O mundo já tem mestres demais, que nunca resolveram a situação do povo. O que o homem precisa é de alguém ungido pelo Senhor, que viva em comunhão com Ele e se deixe ser usado, como bem exemplificou o Salvador. As pessoas ouvirão a quem proceder como o Senhor e serão libertas.

Há mais indivíduos com problemas espirituais do que gostaríamos de encontrar. Por trás de qualquer anormalidade, há sempre um espírito maligno oprimindo a quem age fora do bom senso. Nas Escrituras, aprendemos que o demônio faz as pessoas viverem de acordo com a natureza dele. O endemoninhado gadareno, por exemplo, gostava de andar nu e era muito violento; quando o demônio foi expulso do homem mudo, este passou a falar.

Mexer com o diabo não é bom para quem não tem o conhecimento bíblico ou a unção de Deus para tal obra. Os filhos de Ceva, o sumo sacerdote da região de Éfeso, descobriram um modo não bíblico de “ajudar” as pessoas. Então, quando usaram o Nome de Jesus a quem Paulo pregava, o espírito maligno que estava no homem foi claro ao dizer: Conheço a Jesus e bem sei quem é Paulo; mas vós, quem sois? Assim, o endemoninhado partiu para cima deles, e, nus e feridos, fugiram (At 19.14-16)

Não devemos brincar com a obra de Deus nem usar o que falamos e fazemos para propósitos contrários aos do Altíssimo. Já vi pessoas serem envergonhadas por espíritos maus, ao tentarem expulsá-los ou quando debocharam deles. Só deve fazer a obra aquele que não está vivendo em pecado, e sim de acordo com a Palavra. Ao expulsarmos um demônio, causamos prejuízo ao reino do diabo, e, se não formos de Deus, ele reagirá à altura.

Quem serve ao Senhor não deve temer nenhuma manifestação demoníaca, porque Deus nos deu autoridade para fazermos frente a ela, reduzindo-a a nada. O modo de falar de Jesus maravilhou os ouvintes presentes na sinagoga em Cafarnaum. Quando o mal se manifestou, as pessoas falavam umas com as outras sobre o que viram, perguntando o que seria aquilo. Afinal, com autoridade, Jesus expulsou os demônios.

Precisamos ensinar os novos convertidos a temerem a Deus e a se consagrarem. Assim, realizarão as mesmas obras de Cristo, e isso levará multidões ao Reino dos Céus. Ao mesmo tempo, temos de lhes ensinar a não cair no conto do diabo, o qual tentará convencê-los de que não precisam ser santos, porque, uma vez salvos, salvos para sempre. Cuidado com isso!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Senhor! Quão maravilhados ficaram as pessoas na sinagoga em Cafarnaum, ao ver Teu Filho ensinar a Palavra devidamente. Da mesma forma, muitos despertarão para a Verdade, quando nos virem servindo com amor e santidade!

Os exemplos de Jesus nos levarão para mais perto de Ti. Quando os imitarmos, veremos a mesma reação das pessoas. Temos a obrigação de não sair dos Teus ensinamentos. Do contrário, Tu não Te agradarás da nossa obra.

Não nos deixes fazer o que o homem diz, mas faz-nos seguir o Mestre. As pessoas que ainda estão no mundo precisam entender a Tua vontade e cumpri-la, pois não há salvação em nenhum outro nem onde se diz Tua Igreja, mas não Te obedece!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração