ongrace.com

> Mensagem de Hoje

03/09/2014 - ESPERE PELA ORDEM

  • Envie por Email
  • Imprimir
Sendo Anás e Caifás sumos sacerdotes, veio no deserto a palavra de Deus a João, filho de Zacarias. E percorreu toda a terra ao redor do Jordão, pregando o batismo de arrependimento, para o perdão dos pecados.  Lucas 3.2,3


Sem dúvida, podemos dizer que João conhecia a história de seu nascimento e as promessas de Deus para sua vida. É provável que, assim como o Senhor impelia Sansão desde cedo (Jz 13.25), Ele também impulsionava João de algum modo. Quem é chamado pelo Altíssimo deve esperar que Ele lhe ensine tudo, por isso não pode se antecipar à Sua ordem.

Diante do que foi dito a respeito de João, notamos que ele começou a pregar porque tinha uma missão, e não por ponderar se as condições eram favoráveis. Desse modo, não importa quem o incite a realizar algo, pois somente Deus pode ordená-lo a iniciar uma obra. Além de não saberem os caminhos de Deus, muitos desejam ficar famosos e, por isso, até o ajudarão a começar seu ministério. No entanto, não caia nessa ação precipitada ou demoníaca (Pv 19.2)

Não há dúvidas de que o Altíssimo está chamando e preparando muita gente para servir a Ele nos próximos anos, mas ninguém deve se adiantar e executar a tarefa por vontade própria. Quem está sob a direção divina é protegido não só do ataque de pessoas, como também das armadilhas do inimigo. Bom seria que o homem de Deus não tivesse nenhuma má reputação sobre si. 

Naqueles dias, havia dois sumos sacerdotes: Anás e Caifás. Diz a História que Anás teve cinco filhos, os quais também foram sumos sacerdotes, bem como seu genro Caifás (Jo 18.13). Por ser um homem de grande influência, o sumo sacerdote deveria ser estimado por todos e até bajulado pelas autoridades como costuma acontecer, e isso pode ter concorrido de alguma maneira contra o ministério do solitário João, cuja veste era de pelos de camelo (Mt 3.4).

Quando chegou o momento, João Batista estava no deserto, e a Palavra do Senhor veio a ele. Não importa onde esteja, quer escondida entre a bagagem (1 Sm 10.22), quer tomando conta das ovelhas de seu pai (1 Sm 16.11), quando o Senhor deseja operar, Ele sabe onde a pessoa está e quem usará. Jamais utilize a política ou algum subterfúgio para ser escolhido pelo homem ou tornar-se conhecido; deixe o Altíssimo fazer a obra.

A ordem divina começou a ser cumprida na vida de João no momento em que ele aceitou percorrer toda a terra ao redor do rio Jordão. Explore o seu território, mas não tome a área de ninguém. O que Deus lhe concedeu não será usurpado por quem quer que seja. Alegre-se com a sua sorte, pois as suas linhas caem em lugares deliciosos (Sl 16.5,6).

Um fator importante é não pregar a própria mensagem, e sim a que o Senhor lhe der. Portanto, não discuta nem leve ninguém a juízo, tampouco se envolva com os assuntos desta vida. Deus precisa de servos que Lhe deem ouvidos e não deixem as ovelhas dEle para correr atrás das oportunidades deste mundo. Os fiéis serão recompensados. 

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Ó Senhor! Jesus nos ensinou a orar a Ti, para que envies trabalhadores à Tua seara. Provavelmente, esse foi o pedido dos Teus filhos naqueles dias. Precisamos que Tu olhes para a próxima geração e prepares Teus futuros servos.

Os líderes não devem se apressar em consagrar quem ainda está em formação, pois este poderá se desviar ao ver a grandeza do seu chamado. Como Tu levantaste João nos dias de Anás e Caifás, convoca aqueles que Te servirão hoje.

João soube esperar pelo Teu sinal e, então, começou a pregar a Tua mensagem. Que os Teus servos sejam sempre obedientes, para não interromperem o Teu propósito. Que a Tua Palavra diga-nos onde, o que e quando pregar. O nosso propósito deve ser Te glorificar.

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Por que o apóstolo Paulo mandou Timóteo usar água misturada com vinho para as suas freqüentes enfermidades do estômago? Seria falta de...

Quem sou eu para julgar Paulo? Ele dará contas das atitudes que tomou, bem como das palavras que falou; eu já tenho o bastante para dar contas no Grande Dia, e que o Senhor...

»VEJA MAIS