ongrace.com

> Mensagem de Hoje

23/03/2015 - FALTAVA PAZ E SOBRAVAM PERTURBAÇÕES

  • Envie por Email
  • Imprimir
E, naqueles tempos, não havia paz nem para o que saía, nem para o que entrava, mas muitas perturbações, sobre todos os habitantes daquelas terras.  2 Crônicas 15.5


Tempos difíceis foram os dias em que Asa começou a reinar em Judá, pois os reis anteriores não deram a devida atenção à Palavra e, por isso, a nação ficou sob a operação do erro. Se um país, uma família ou qualquer outro agrupamento não temer o Senhor, terá os mesmos resultados que os israelitas insubmissos tiveram. A pregação do Evangelho leva as pessoas aos Céus e também a ter paz aqui na Terra.

Uma sucessão de atitudes erradas deu ao diabo o “direito” de agir no meio do povo de Deus, e, com isso, as obras das trevas foram realizadas sem que ninguém tivesse autoridade para impedi-las. Jesus disse que somos o sal da terra (Mt 5.13), porém, se nos deixarmos levar pelo espírito da sedução, em pouco tempo, não poderemos mais fazer a diferença e, então, as coisas mais assombrosas acontecerão diante dos nossos olhos.

Os que saíam de Judá encontravam perturbação, e os que entravam também eram aterrorizados pelas ações de indivíduos dirigidos pelos demônios. De modo similar ocorre em nossos dias, e, por incrível que pareça, as pessoas que deveriam manter a paz estão torcendo para que a situação não piore, pois elas já perderam a esperança de que haja melhora. No entanto, os verdadeiros filhos de Deus podem colocar o poder dEle em ação para fazer a diferença.

Quando os dirigentes não temem a Deus, todos sofrem. É preciso pregar a Verdade a todas as pessoas, mas temos de dar o exemplo. Não podemos deixar que a mentira predomine, a verdade seja escondida e as pessoas de bem sejam submetidas a qualquer tipo de vexame. Temos o poder para fazer a paz prevalecer, levar os perdidos à salvação e, desse modo, libertar os oprimidos pelos demônios das drogas, da desonestidade e da prostituição.

A forma de agir do diabo permanece a mesma desde o dia em que ele enganou Adão e Eva. Ele tem feito com que as pessoas não vejam no semelhante alguém de valor, mas, sim, um objeto a ser usado e, depois, descartado. O Evangelho resgata a dignidade dos indivíduos, cura as doenças do corpo e da alma e dá paz aos corações sobressaltados. Nós temos em nossas mãos o remédio que põe fim ao sofrimento. Entretanto, é preciso pregarmos a Bíblia, e não a nossa doutrina.

Se os cristãos não se voltarem para a Palavra nem buscarem o Senhor a fim de serem cheios do Santo Espírito e, assim, darem testemunho da Verdade, o mundo ficará pior. Quem cruza os braços torna-se irmão do destruidor, mas os que amam a Deus se tornam em modelos para a sociedade.

Cada convertido faz o país se tornar melhor, pois está escrito que bendita é a nação cujo Deus é o Senhor (Sl 33.12). Então, mesmo que as conversões sejam aos milhares, não pare, pois, os que nascem de novo precisam aprender a andar dignamente de acordo com o Evangelho de Cristo.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Senhor da paz! Nos dias que precederam a ascensão de Asa ao trono de Judá, as pessoas não tinham paz. Hoje, fato semelhante tem acontecido em nossas cidades, pois estão cheias de violência e desrespeito. É preciso levar os perdidos aos pés do Salvador.

É tempo de o Teu povo orar para que as perturbações sejam destruídas e, assim, tempos de refrigério e paz venham sobre nós. Hoje, nós nos juntamos em oração para pedir misericórdia, socorro e solução para os problemas que abundam por aqui.

Senhor, abençoa o nosso querido país e também cada pessoa que nasceu aqui ou veio viver em nosso meio. Não podemos assistir de braços cruzados o sucumbimento da nossa pátria ante os poderes do Inferno. Obrigado porque é evidente que Tu nos queres libertar. Amém!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração