ongrace.com

> Mensagem de Hoje

28/08/2020 - FIQUE LONGE DO FALSO CULTO

  • Envie por Email
  • Imprimir
Não fareis para vós ídolos, nem vos levantareis imagem de escultura nem estátua, nem poreis figura de pedra na vossa terra, para inclinar-vos a ela; porque eu sou o SENHOR, vosso Deus. Levítico 26.1


O Senhor tratava os israelitas como se fossem meninos, que não compreendiam o significado de tê-Lo como seu Deus. Também deveríamos ser tratados assim, pois não agimos como Seu povo particular, capaz de comer o melhor desta terra (Is 1.19). Fomos conduzidos à Terra da Promessa, Sua bendita Palavra, mas vivemos como se ainda estivéssemos no Egito, chorando para sermos libertos das opressões do dia a dia (Êx 2.23; 3.7,9).

O grito dado pelo Salvador ainda não significa muito para o povo de Deus, só que não há mais nada a fazer da parte dEle em favor da nossa felicidade (Jo 19.30). Um dos motivos da Sua vinda foi nos trazer a vida abundante (Jo 10.10), mas, pelo nosso modo de viver, parece que não cremos nEle. Se ouvirdes e quiserdes são duas condições para termos o melhor (Is 1.19), porém devemos crer e confessar para isso se tornar realidade. Faça seu mea-culpa agora!

Há peritos em fazer imagens de seres ou coisas abstratas, chamando-os de “deuses”, e, diante dessas aberrações, religiosos se curvam e as adoram. No entanto, há ídolos não representados por estátuas, figuras ou imagens e são reverenciados de outros modos, que alguns consideram mero reconhecimento. Quem levanta um ídolo no coração se torna transgressor da ordem de Deus, mesmo sendo uma idolatria travestida de mera gratidão ao seu pastor.

A nossa terra é a Escritura Sagrada, de onde extraímos forças para viver e livrar-nos das ameaças do reino das trevas, que se esforça para nos tragar. Quem coloca diante de si algum tipo de ensinamento fora da Palavra levanta um ídolo que trará o diabo à sua vida e à de outras pessoas. Remover os antigos marcos − os mandamentos bíblicos − e colocar outros limites, alvos na sua fé, é errado (Dt 19.14).

Qualquer doutrina que não saia da boca de Deus é imunda, por isso Jesus não aceita testemunho nem glória do homem (Jo 5.34,41). Jó descreveu o estado humano, dizendo: Quem da imundícia poderá tirar coisa pura? Ninguém! (Jó 14.4 − ARA). O pecado fez o homem tornar-se sujo, mas a Palavra é pura: Toda palavra de Deus é pura; ele é escudo para os que nele confiam (Pv 30.5).

De uma coisa devemos estar certos: no novo nascimento, Deus passa a morar em nós e a nos ensinar a verdade no Livro Santo. Não há qualquer falta na revelação bíblica, por isso não aceitaremos outra “revelação”, mesmo proveniente de alguém muito usado na fé. É impossível extrair algo puro do que é imundo. Sem Jesus, voltamos ao reino da imundícia.

Não se deixe enganar pelo diabo, pois a luta maior dele é nos afastar da Bíblia. Desse modo, ele pretende corromper nosso coração e adulterar nossa fé em Deus: À lei e ao testemunho! Se eles não falarem desta maneira, jamais verão a alva (Is 8.20).

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Senhor! Obrigado por nos falares da idolatria física, mental e espiritual. Não podemos ser iludidos pelo diabo. Queremos viver para a verdade, sem dar lugar à mentira. Pai, somos Teus em tudo!

Mostra-nos o que não devemos fazer, protege-nos dos enganos de Satanás e não deixes o nosso coração ser corrompido por pensamentos torpes, aberrações sexuais e idolatria. Não queremos tirar o Teu senhorio sobre nós!

É bom Te ter como Senhor absoluto, Pai santo e verdadeiro. Guarda-nos dos elogios, dos olhares maliciosos, da vontade do rei da perdição. Almejamos ser conservados puros e irrepreensíveis. Ajuda-nos, Deus!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Me casei com um pai solteiro,por isso e também por condições financeiras no começo,não quis ter filhos.Hoje somos cristãos e já estamos casados a mais de 15 anos,mas...

Só é pecado aquilo que a Palavra de Deus condena tacitamente. O natural é que todo casal queira ter filhos, assim como também é natural que todos queiram se casar e...

»VEJA MAIS