ongrace.com

> Mensagem de Hoje

25/12/2009 - FUJA DAS MENTIRAS DO DIABO

  • Envie por Email
  • Imprimir



“E bem-aventurado é aquele que se não escandalizar em mim” (Mateus 11.6).

Há muitas pessoas que pensam estar servindo ao Senhor Deus, mas ficarão chocadas com a sentença que não esperam receber no Grande Dia. Elas não imitam o Mestre; antes, fazem outras coisas as quais pensam ser mais produtivas para o Reino de Deus. Não temos de fazer a nossa vontade, mas, sim, a dAquele que nos chamou e nos deu o exemplo de como Sua obra deve ser feita. Nos dias do ministério terreno de Jesus, não houve um único discípulo que não tenha sido revestido de poder, enviado a curar os enfermos e a expulsar os demônios enquanto pregava o Reino de Deus.

João Batista enviou dois dos seus discípulos para perguntar ao Mestre se Ele era quem eles esperavam ou deveriam aguardar outro. O ministério de João era diferente – ele pregava contra o pecado, batizava as pessoas, mas não falava sobre libertação. A Graça de Deus ainda não havia sido enviada, e a Verdade não estava sendo executada por completo. Elas vieram com Jesus. Diante dos discípulos de João, o Salvador curou muitos cegos, aleijados, demais sofredores, e disse que deveriam relatar tais feitos ao profeta (Mateus 11.1-5). Em seguida, Ele deu a declaração que, aparentemente, nada tinha a ver com o que João mandou perguntar: E bem-aventurado é aquele que se não escandalizar em mim (Mateus 11.6).

Muitos serão mal sucedidos por não aceitarem que, hoje, o ministério de Cristo inclui a libertação dos oprimidos e a cura dos enfermos. Eles nem imaginam que isso seja um golpe do diabo contra a vida deles, pois, assim, sofrerão uma reprimenda do Senhor no Grande Dia, se é que não serão impedidos de entrar no Reino preparado para os justos desde a fundação do mundo.

Um servo do Senhor não pode ter vontade própria e fazer só o que lhe agrada. É preciso que ele entenda o plano divino e o cumpra; assim, estará fazendo a plena vontade do Pai. Se existisse outro meio melhor de realizar a obra do Altíssimo, Ele mesmo o teria revelado. O Senhor, além de sábio, é amor (1 João 4.16), por isso, mostrou como Seu amor pode ser revelado aos perdidos e como eles entrarão no Reino de Deus. Fazer diferente do que nos foi ensinado irá levar-nos a dar conta das almas que se perderam por causa da nossa desídia.

Nunca desobedeça à ordem divina. O Senhor, além de ser amor, também é onisciente (Salmo 147.5; Romanos 11.33). O que Ele fez diante dos discípulos de João não foi por acaso; foi uma lição para todos os demais seguidores. Dessa maneira devem portar-se todos aqueles que forem enviados por Ele. Se os oprimidos por espíritos imundos não forem libertos, jamais se converterão nem se tornarão filhos de Deus. Sem a manifestação da Graça divina – o poder divino movendo-se em nosso favor –, não haverá obra de Deus. Ele nunca fez nem fará “carinho” ou acordo com os demônios. Ele simplesmente os expulsa. Faça, então, como foi ordenado e seja muito bem sucedido!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Missionário, eu nao quero fazer uma pergunta mas quero somente dizer que tenho visto muitas perguntas sobre dívidas aqui no portal. Mas queria lembrar a quem faz essas...

Obrigado!...

»VEJA MAIS