ongrace.com

> Mensagem de Hoje

17/02/2021 - HISTÓRIAS QUE NADA RESOLVEM

  • Envie por Email
  • Imprimir
E ordenou-lhes, dizendo: Assim direis a meu senhor Esaú: Assim diz Jacó, teu servo: Como peregrino morei com Labão e me detive lá até agora.  Gênesis 32.4


Planejar o que falar é uma atitude de pessoas que desconhecem o Deus a quem servem. Ora, Ele tem ciúmes de nós (Tg 4.5). Ademais, uma das missões do Espírito Santo é nos dar o que falar na hora da provação. Segundo Jesus, o Consolador nos ensinará as palavras diante de uma autoridade e, certamente, também nos ajudará a tomar decisões capazes de resolver as dificuldades (Lc 12.11,23). Ele nos contará o que tiver ouvido (Jo 16.13).

O homem fora da comunhão com o Altíssimo está por si mesmo. Ele vê o que não deveria, pensa só o que Deus chama de vaidade e age como tolo em um campo minado. Por isso, o Mestre ensinou: Então, disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz e siga-me (Mt 16.24). Samuel pensou que o Senhor honraria a palavra que saíra dele, mas isso não aconteceu (1 Sm 16.6). Siga as orientações bíblicas!

Sendo servo, a pessoa não deve se preocupar em planejar sua vida, mas procurar o propósito de Deus nas Escrituras (Rm 12.1,2). Ora, por ter presciência e nos amar, Ele colocou no Livro Santo as orientações e os conselhos para fazermos o necessário para o nosso bem-estar atual e futuro (Sl 119.105). Deixar de examinar o que Ele colocou na Bíblia é rebelar-se contra os Seus desígnios. Os rebeldes serão disciplinados! (1 Sm 15.23).

O importante para nós e as pessoas que vivem em qualquer lugar da Terra é o que o Senhor preparou. A inclinação da carne é morte, mas, se nos curvarmos ao que o Espírito diz, teremos vida e paz: Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz (Rm 8.6). Devemos permitir que o Consolador nos conduza. Desse modo, teremos vida e solução dos problemas.

Quando usamos argumentos humanos, o Senhor não pode utilizá-los nem deixar Seu maravilhoso poder operar em nosso favor, cumprindo o que assumimos. Mas, toda vez que os Seus servos forem usados pelo Seu Espírito, serão conduzidos em triunfo: E graças a Deus, que sempre nos faz triunfar em Cristo e, por meio de nós, manifesta em todo lugar o cheiro do seu conhecimento (2 Co 2.14). Fale a Palavra!

Jacó quis puxar o entendimento do irmão para as coisas do mundo, para o tempo em que se submeteu a Labão, pela maldade do tio em mudar o seu salário dez vezes. Porém, o que muda o coração é a Palavra inspirada, a profecia que sai da boca de Deus, a qual não voltará vazia: Assim será a palavra que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia; antes, fará o que me apraz e prosperará naquilo para que a enviei (Is 55.11). Amém!

Na luta espiritual – a verdadeira batalha –, não podemos utilizar argumentos de homens, e sim o que Deus nos faz entender na Palavra. Por isso, anote os entendimentos que lhe forem revelados, pois cada um é uma arma indestrutível que Deus deseja que você use. Nós O amamos tendo e cumprindo os mandamentos (Jo 14.21)!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Pai, que nos conduz em triunfo! Somos felizes, porque vemos a Tua Palavra revelada a nós! Então, o nosso coração é iluminado. Isso nos faz um bem muito grande, pois nos fortalece para vencermos a peleja que estamos travando!

Usar as armas fornecidas por Ti nos leva a andar de modo agradável na Tua presença. Nós nos alegramos com o que nos fazes conhecer e, com isso, conseguimos Te dar a glória, a honra e o poder. Queremos andar no Teu amor!

Assiste-nos sempre, para andarmos nas Tuas pegadas, fazendo a obra como Teu Filho a realizou, sem tropeçar nos obstáculos colocados pelos inimigos diante dEle. Obrigado por nos instruíres e guiares pelo Caminho a ser seguido!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Li o livro A Cabana, achei um belo romance. No início até achei q se tratava de um livro de cunho religioso, tipo auto-ajuda. Mas no decorrer da leitura, vários pontos me...

Esse livro é, de fato, fonte de muita confusão e falsa doutrina. Não o recomendo para ninguém. O autor explora a necessidade que tanta gente tem de compreender o porquê do...

»VEJA MAIS