ongrace.com

> Mensagem de Hoje

03/11/2016 - ILIMITADO EM SUAS OPERAÇÕES

  • Envie por Email
  • Imprimir
E os magos fizeram também assim com os seus encantamentos para produzirem piolhos, mas não puderam; e havia piolhos nos homens e no gado.   Êxodo 8.18


Com a imitação das obras de Deus, o Egito passou a ser um palco teatral, porque os bruxos reproduziam os feitos do Altíssimo. Com isso, Faraó fechava o coração e não deixava os israelitas saírem. Ele pensava que venceria Moisés, mas estava errado. Ora, quem tinha o Deus de Jacó como seu Senhor jamais seria envergonhado. Assim como Labão não conseguiu roubar Jacó; Faraó não venceria Moisés. A dúvida ou o medo não vencem a fé.

Agora chegou a vez de Moisés derramar a terceira praga sobre aquele país. O chefe dos egípcios deve ter feito piadas com o poder que o servo de Deus afirmava ter recebido, porque, quando um sinal divino era realizado, os feiticeiros o copiavam. Como isso ficaria? É evidente que o Altíssimo deixava isso acontecer para servir de exemplo às gerações futuras. O Senhor é Deus!

O povo do Egito já estava vendo as obras do Todo-Poderoso e, agora, veria o poder dEle transformar cada partícula do pó da terra em um flagelo para eles. Da mesma forma, quem resiste ao Evangelho não sabe o quanto sofrerá quando for lançado no fogo eterno; afinal, é fácil para o Senhor transformar qualquer coisa no que Ele quer.

Arão, então, foi orientado a ferir com o bordão a terra, a qual seria transformada em piolhos. Meu Deus! Que sufoco passaram os egípcios por causa da maldade do coração do rei! De um minuto para o outro, tanto as pessoas como os animais foram afligidos por essa maldição. Como deve ter sido difícil para elas verem enxames de piolhos cobrirem seus corpos! Misericórdia!

Os presunçosos magos do Egito vieram com toda prosa, pois o diabo lhes tinha dado capacidade de imitar os feitos divinos; porém, quando fizeram os encantamentos, não puderam produzir os piolhos. Então, constataram que aquilo era o Senhor operando poderosamente. Tudo o que o diabo faz é limitado, quando não é pleno engano. Com o Senhor é diferente: quando Ele opera, não há como impedi-Lo. Amém?

Até os magos estavam cheios de piolhos. Ao serem chamados à presença do seu rei, disseram que aquilo era o dedo de Deus em ação. Eis a grande novidade: temos esse dedo atuando em nosso favor o tempo todo, por isso não devemos duvidar do poder do Altíssimo. Tudo o que Ele precisa para operar em nosso favor é que estejamos agindo por fé. A fé para vivenciar os milagres vem por ouvir, e o ouvir pela Palavra de Deus.

Faraó estava sendo ensinado pelo Senhor, mas não queria ouvi-Lo. O Todo-Poderoso tinha avisado os irmãos Moisés e Arão dessa verdade. Não há como falhar o que Deus diz, desde que estejamos dentro dos limites impostos pela divina Palavra. Grande é a glória que o Pai celestial quer derramar sobre a nossa vida, se crermos nEle. Portanto, creia e viva!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus, único Senhor! A presunção dos magos terminou quando fizeste vir piolhos sobre os egípcios. Faraó ficou decepcionado, pois achava que aqueles feitos faziam parte da mágica de Moisés e Arão. Mas Tu és grande!

Não há como contestar os Teus atos, porque eles são realizados em Ti e por Ti, não podendo ser contrariados nem imitados. Qualquer engano será descoberto, mas as Tuas obras permanecem para sempre. Que possamos ver maiores obras ainda.

Seja notório que, em Ti, há mais do que precisamos. Tu realizas os nossos pedidos; assim, nós Te louvamos, dizendo obrigado. Ensina-nos a cumprir as Tuas ordens, para seres glorificado. Queremos fazer muito mais para que todos Te amem!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Missionário Soares, Graça e Paz do Nosso Senhor Jesus Cristo, gostaria de fazer uma pergunta muito discutida com meu amigo, eu queria saber o seguinte: Vamos dizer que você...

Antes de mais nada, é bom lembrar que somos ministros de Cristo Jesus (Rm 15.16; Ef 3.7), a Quem pertence de fato o Ministério. Se a pessoa não vigiar e cair, ela deve ser...

»VEJA MAIS