ongrace.com

> Mensagem de Hoje

05/11/2011 - INDEPENDÊNCIA NECESSÁRIA

  • Envie por Email
  • Imprimir



A ninguém imponhas precipitadamente as mãos, nem participes dos pecados alheios; conserva-te a ti mesmo puro.

1 Timóteo 5.22

Na vida, é necessário ter companheirismo; porém, há limites para que essa atitude não nos coloque em situação de “laço”. Os que participam de pecados alheios, por exemplo, são considerados responsáveis por eles, como se os tivessem cometido também. Por isso, o melhor é sempre estar atento, para que, ao empenhar sua palavra no intuito de livrar alguém de um erro, você não caia em uma transgressão gratuita, da qual não foi autor, mas tenha de assumir a culpa.

A Palavra de Deus declara que a responsabilidade é pessoal (Rm 14.12), mas, se não vigiarmos, poderemos tornar-nos partícipes do ato errado de alguém. Isso porque, mesmo não tendo cometido nada de impróprio, apenas o fato de ocultarmos a iniquidade de outrem ou darmos guarida a quem está fazendo coisas erradas pode tornar-nos culpado. Aliás, muitos foram presos por terem-se deixado levar pela conversa de uma pessoa má.

Em relação à imposição de mãos para o ministério, o Senhor Deus é quem nos deve dizer o tempo certo para isso, pois se trata de um ato que não podemos realizar por partidarismo ou solidariedade. Além disso, ter antiguidade na obra divina não significa estar em condições de receber a unção ministerial. Não podemos brincar com o que é sério. O melhor é esperar a direção divina; enquanto ela não vier, nada deve ser feito.

O versículo em questão termina dizendo que temos de nos manter puros, e agir como néscios pode “sujar” nossa vida no mundo espiritual. Por essa razão, se temos de consagrar alguém ao santo ministério da Palavra, precisamos fazê-lo somente sob a orientação clara e expressa do nosso Pai, de modo que a pressão das pessoas ou mesmo a direção da igreja onde congregamos não nos leve a fazer o que as Escrituras nos proíbem. Jamais realize o que Senhor não lhe ordenou.

Uma vez que os pecados alheios podem arruinar uma longa vida de serviço ao Altíssimo, quem não se basear no que está no Evangelho poderá, no grande Dia, ser culpabilizado por erros cometidos por outros. Eis a grande responsabilidade ao impor precipitadamente as mãos sobre alguém despreparado. Na verdade, em todas as situações, aquele que se apressa peca (Pv 21.5). Por isso, espere o momento em que Deus lhe disser: “Faça”.

Não há nada melhor do que se conservar puro. Se na “lista do homem”, você foi usado para consagrar menos pessoas do que outro líder, não saia da Palavra para entrar em uma competição; afinal, a melhor lista é aquela em que o Altíssimo assina. Quando Ele nos manda impor as mãos sobre alguém, torna-Se responsável por aquela ordem, restando-nos somente receber o galardão por ter-Lhe obedecido. 

Portanto, melhor é seguir a receita divina. Os que servem, de fato, a Deus jamais serão confundidos, mas os que visam a seus próprios interesses e fazem sua obra particular, esmerando-se para conseguir a aprovação da congregação, não agem de modo prudente e não poderão obter a recompensa. 

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Missionário, estou me sentindo confusa. Quando tomei a decisão abençoada de aceitar Jesus, o inimigo me rodeou de tentações. Resisti a todas elas, Graças a Deus. Acontece...

Digo que vc pode estar é caindo num tremendo laço do diabo. Esse rapaz só reparar em vc depois de convertida é muito suspeito. De todo modo, abra o jogo para ele, diga-lhe...

»VEJA MAIS