ongrace.com

> Mensagem de Hoje

21/03/2014 - INTERCESSÃO VERDADEIRA

  • Envie por Email
  • Imprimir
Pelo que disse que os teria destruído se Moisés, seu escolhido, se não pusera perante ele, naquele transe, para desviar a sua indignação, a fim de os não destruir. Salmo 106.23


Como servos, precisamos estar em comunhão com o Senhor, pois podemos ser tocados para interceder por alguém cuja sentença já está lavrada. A nossa missão é estar preparado para a obra que for apresentada e não fazê-la como se desconhecêssemos o nosso lugar em Cristo. Quem é chamado e enviado para cumprir uma tarefa deve estar consciente de que serve ao Rei dos reis e, portanto, não pode falhar.

É importante os pastores entenderem que o povo que lhes foi dado está sob sua autoridade e seu cuidado. O Senhor disse a Moisés que este deveria deixá-Lo destruir os filhos de Israel, provando que Ele respeitava o ministério do Seu servo (Êx 32.10-14). Então, todo aquele que recebeu a incumbência de cuidar de alguém ou de um grupo de pessoas tem autoridade de impedir que algum mal ocorra com o seu rebanho.

No entanto, o que parecia um pedido do Altíssimo a Seu servo, na verdade, era um aviso: se Moisés não fizesse algo pelo povo, o Senhor destruiria toda aquela gente. Quando alguém que está sob a nossa responsabilidade corre perigo de ser atingido por alguma obra má, devemos impedir que isso aconteça. A mesma atitude deve ser tomada em relação à própria vida. Cabe a cada um conservar-se.

Moisés se pôs diante de Deus como se fosse uma parede de proteção, a qual o Altíssimo não transporia. É grande a autoridade do salvo a quem o Senhor confiou alguma vida. Portanto, não a deixe ser presa fácil nas mãos do inimigo. A Palavra diz que aquele que não cuida dos seus é pior do que o incrédulo (1 Tm 5.8). Agora mesmo, se você orar e proibir que algo ruim aconteça a quem está sob seu cuidado, essa pessoa será poupada.

Um homem no comando de algum setor da obra divina tem poder para desviar qualquer maldição que venha sobre quem está sob sua autoridade. A glória de Moisés foi que ele desviou a indignação do Senhor. A sua glória também será grande; por isso, esteja sempre em comunhão com o Altíssimo, livrando-se de todo o tipo de pecado e sofrimento. Tudo o que há em você deve bendizer o santo Nome de Jesus (Sl 103.1).

O pastor de Israel soube conduzir-se de modo sábio para que o povo fosse poupado. Mas o que dirão de você? Que está ocupado com os assuntos deste mundo? Se estiver, pare com isso, pois tudo o que você acumular ficará por aqui. Entretanto, as obras que realizar em Deus o acompanharão por toda a eternidade. Não despreze um só pequenino que o Senhor lhe der em Cristo. Quem desempenha bem o seu diaconato adquire grande confiança.

A proposta foi uma provação muito grande para o servo de Deus, mas ele soube aguentar firme e não se moveu para o próprio interesse. Não saia do que lhe foi dado a fazer e, ainda que o próprio Deus lhe proponha alguma coisa fora do que já lhe deu, não aceite. Seja sempre servo em todas as situações e recuse o que é do próximo.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus fiel! Como seria bom se todos os Teus filhos soubessem o lugar que ocupam no Teu Reino e agissem como verdadeiros responsáveis pelas vidas que estão sob o seu cuidado. Então, o povo seria abençoado, e, desse modo, a obra do Inferno não atingiria os Teus.

Sem dúvida, os Teus servos precisam estar bem na comunhão Contigo. Quando se fizer necessário, precisam agir como verdadeiros intercessores, e não como molestos carnais que, por causa da falta de entendimento, nada conseguirão em favor dos fracos.

O nosso rebanho precisa que sejamos conhecedores da nossa posição de autoridade. Tu atendeste a intercessão de Moisés e também atenderás os pedidos que lhe fizermos. Tu respeitas o ministério que nos deste. Moisés não deixou que Tu destruíste os israelitas.

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Gostaria de entender melhor estes versiculos pois a impressão que tenho é que Pedro matou a Ananias e Safira mesmo que sem usar as mãos,e mesmo que ele realmente os tenha...

Não existe, na passagem, nenhuma informação que possa dar, mesmo de longe, a impressão de que Pedro matou Ananias e Safira. Isso foi decisão do Senhor da vida, e nem Pedro...

»VEJA MAIS