ongrace.com

> Mensagem de Hoje

21/08/2018 - JESUS VIU O ALVOROÇO

  • Envie por Email
  • Imprimir
E, tendo chegado à casa do principal da sinagoga, viu o alvoroço e os que choravam muito e pranteavam.   Marcos 5.38


É muito importante fazer Jesus vir à nossa casa, pois, com Seus olhos, Ele enxergará as nossas dificuldades, necessidades e as coisas erradas que podem prejudicar os outros. Naquele dia, havia um verdadeiro alvoroço na casa de Jairo, o chefe da sinagoga. O Senhor sabe que aumentar a dor com choro e reclamações não ajuda.

Cristo sempre está bem perto da nossa habitação, mas, muitas vezes, não permitimos a Sua entrada. Ele deseja pousar em nosso lar, conhecer nossos familiares e agir em favor deles. Houve grande afinidade entre o Mestre e os irmãos Marta, Maria e Lázaro, a ponto de elas terem dito no recado enviado a Jesus: Senhor, eis que está enfermo aquele que tu amas (Jo 11.3).

Ele ama aqueles que O amam – têm os Seus mandamentos e os guardam. É um erro deixarmos de amar a Deus, o qual é amor e opera continuamente em nossa vida, concedendo-nos cura, paz, solução dos problemas, alegria, prosperidade e ensinando-nos a viver livres das forças do mal. Muitas vezes, nem nos lembramos de Sua existência e promessas. Como temos sido duros de coração, visto que Ele só faz o bem!

Podemos afirmar que amamos o Altíssimo? Temos dedicado a nossa vida a fazer o bem? Você tem contribuído para o Evangelho ser conhecido entre os povos que jamais ouviram falar do Mestre? As suas ofertas têm valor menor do que os cosméticos e demais supérfluos comprados por você? Tem devolvido o dízimo? A quem você ora quando está em apuros? Você crê mesmo no socorro de Deus? Ele é o seu Senhor ou servo? 

Embora as Escrituras garantam que, ao crermos em Cristo, nós e a nossa casa seremos salvos (At 16.31), temos dado a devida importância ao modo de vida dos nossos filhos, irmãos e demais familiares? Infelizmente, as respostas a essas perguntas chegam a desapontar. Somos capazes de levar a família ao teatro para ver artistas dramatizarem aspectos da vida, mas não a convidamos para ir à igreja, a fim de ouvir de graça acerca da graça de Deus!

Leve o Senhor para o seu lar e separe um momento para um culto semanal, ou melhor, diário. Faça o necessário, ainda que seja humilhado por alguns que ainda não entendem o Evangelho. Noras e genros são partes da sua prole, a qual precisa ser iluminada. Assim, eles não rirão de você nem se perderão, como ocorreu com os noivos das filhas de Ló (Gn 19.14). Apesar de serem queridos em sua família, acredite: se os seus entes queridos não nascerem de novo, não serão salvos.

O pranto, mesmo entremeado de citações bíblicas, não resolverá as suas questões. O Senhor só pode responder à fé. Antes que alguns dos seus se percam, leve-os a conhecer o Salvador. Então, você terá a alegria de ter cumprido o seu dever. Os que chorarem e se desesperarem serão postos para fora da casa de Deus. Ainda há tempo de se voltar para o Altíssimo. Creia!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Senhor da ressurreição! Naquele dia, na casa de Jairo, Jesus fez as pessoas com más intenções saírem, pois traria de volta da morte a menina que era o alvo daquele alvoraço. Ainda hoje, Tu fazes a mesma obra!

Quantos familiares estão mortos em delitos! Se continuarem assim, jamais verão a alva. Eles choravam muito a perda da garota, e isso aumentava a dor de todos. Quando o Mestre chegou, tudo aquilo deu lugar a uma grande alegria.

Que as famílias que possuem um membro problemático acordem e se acheguem a Ti! Do contrário, prantearão pela eternidade, com grande desespero, a perda eterna dessa pessoa. Tu mudarás essa família!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração