ongrace.com

> Mensagem de Hoje

09/12/2012 - MENSAGEM AOS LIBERTOS DO CATIVEIRO

  • Envie por Email
  • Imprimir
Naquele dia, se dirá a Jerusalém: Não temas, ó Sião, não se enfraqueçam as tuas mãos.  Sofonias 3.16


Vivemos dias em que o povo do Senhor está livre do cativeiro, e não há a menor chance de o diabo se levantar e voltar a fazer do filho de Deus sua presa. Na verdade, isso só poderá acontecer se nos deixarmos influenciar pelas mentiras do maligno, que, diga-se de passagem, na maioria dos casos, são bem produzidas. Digo isso por causa do conselho que o Senhor Jesus nos deu, ensinando-nos a vigiar e orar para que não entremos em tentação. O inimigo é altamente perigoso, mas não devemos temê-lo nunca!

A mensagem para os salvos é diferente daquela destinada aos que não se submetem à vontade divina, os quais têm caminhado a passos largos para a perdição. Por estarem dominados pelo espírito do erro, não pensam, nem de longe, no que lhes poderá acontecer depois da morte, haja vista que o que lhes interessa é satisfazer suas necessidades imediatas. Por essa razão, temos de nos esforçar para que essas pessoas abram os olhos e, assim, sejam libertas da eterna condenação.

Os salvos não têm nada a temer além do Senhor (Sl 111.10; Pv 1.7); logo, as ameaças do inimigo devem ser anuladas pela oração da fé. Simplesmente ignorar tais ardis pode ser um laço do diabo para prender você; então, o certo é usar o Nome de Jesus e, assim, desfazer o que o maligno fez ou está pretendendo fazer contra a sua vida ou a dos seus. Então, não importa se é uma tentação que parece simples ou um ato maior, use sempre a autoridade em Cristo para desfazer tal obra.

Intrepidez e ousadia devem ser as marcas do cristão (At 4.31). Além disso, quem vive desleixado com a obra de Deus pode ser amaldiçoado, pois é dever de cada um realizá-la com zelo (Pv 18.9; 1 Tm 4.14). Nossa aparência e postura, bem como nossas ações e palavras, podem transmitir uma mensagem do bem ou do mal. Portanto, analise como você tem se portado. Os que se deixam levar pelas concupiscências da carne e acabam pecando precisam confessar o erro para receber a absolvição.

Não deixe suas mãos enfraquecerem, pois Deus as fez fortes a fim de que você cumpra o plano que Ele traçou para sua vida. Não me refiro às mãos físicas, mas à capacidade de operar no plano material e no espiritual. Por isso, use a fé para vencer o bom combate (2 Tm 4.7); você foi salvo para ser um instrumento da vontade divina. Independentemente do que faz para ganhar a vida, a sua missão é mais nobre do que qualquer outra atividade.

A nossa “mão de poder” nos foi restituída como a outra. Entendemos assim a cura do homem que tinha uma das mãos mirradas (Mt 12.10-13), a qual, a meu ver, representava a humanidade. No pecado de Adão, perdemos a capacidade de agir no mundo espiritual, mas, com Cristo, ela nos foi devolvida. Agora, nossa “mão ressequida” foi curada; com isso, podemos enfrentar o inimigo e, usando o Nome de Jesus, desfazer todas as obras malignas.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Missionário, gostaria de saber o que o Senhor acha das Igrejas que tem usos e costumes. Por exemplo, não poder cortar cabelo, nem usar calça comprida, entre...

Resposta: Essas questões ligadas a usos e costumes sempre causam polêmica, e não quero afrontar ninguém. O que posso dizer sobre isso é: o que o Senhor realmente condena...

»VEJA MAIS