ongrace.com

> Mensagem de Hoje

14/08/2018 - MENSAGEM AOS PRESBÍTEROS

  • Envie por Email
  • Imprimir
Aos presbíteros que estão entre vós, admoesto eu, que sou também presbítero com eles, e testemunha das aflições de Cristo, e participante da glória que se há de revelar.    1 Pedro 5.1


A mensagem de Pedro foi dirigida aos presbíteros – pastores do rebanho do Senhor. Estes tomam conta dos membros da igreja, mas os pais também se qualificam nesse grupo, pois têm o dever de guiar os filhos, tomando conta deles, exortando-os e corrigindo-os quando necessário, para não se desviarem da Palavra. O pastor é um “paistor” – misto de pai e pastor, verdadeiro servo do Altíssimo.

O pastor não pode se esquecer do compromisso que o eterno Deus lhe deu: zelar pela herança do Senhor. A igreja reflete o tipo de cuidado recebido de quem foi colocado sobre ela. Também se incluem nesse grupo os professores, os quais devem se dedicar a formar cidadãos de bem, pois, além do ensino formal, eles têm de transparecer o exemplo de bom cidadão, para que possamos ter dias melhores.

Da mesma forma, os empresários têm de proceder com seus empregados, dando-lhes o exemplo de vencedor, bem como os auxiliando em tempos de crise, já que esses colaboradores os ajudam a enriquecer. Quem não der assistência ao necessitado prestará contas a Deus. Devemos fazer o bem a todos, principalmente aos domésticos da fé (Gl 6.10). Jesus disse que, ao agirmos assim, a Ele o fizemos (Mt 25.40).

Um exemplo de bom empresário pode ser visto em Boaz. Ele se casou com Rute, a moabita que acompanhou a sogra Noemi, quando esta retornou a Belém após peregrinar em Moabe e perder o marido e seus dois filhos (Rt 1). Rute o viu chegar e saudar os seus empregados, dizendo: O SENHOR seja convosco (Rt 2.4). Isso mostrava o quão perto de Deus aquele homem vivia. Ele agia como pastor de quem lhe prestava serviços na fazenda.

Como resposta ao seu modo de tratar os empregados, Boaz ouvia: O SENHOR te abençoe. Se, hoje, os empregadores fossem pastores dos que trabalham para eles, também ouviriam de seus colaboradores resposta semelhante pelos seus bons atos. Certamente, cessariam as demandas trabalhistas, pois eles estariam satisfeitos. Ao aceitarmos Jesus como Salvador e Senhor, todas as coisas se fazem novas para nós, até o modo de tratar os empregados. Então, por que não lhes conceder tratamento justo?

Jó dava o melhor a seus filhos, mas não descuidava da parte espiritual. Quando participavam de uma festa, ele se colocava diante do Altíssimo e pedia que, se, porventura, eles exagerassem e pecassem, fossem perdoados. Cuide de seus filhos com verdadeiro amor, pois são a herança do Senhor e lhes foram confiados para serem criados com excelência. Esse assunto é tão importante, que o Pai celestial proibiu o acesso ao ministério a quem não cuidasse bem dos filhos.

Pedro falou sobre a glória que será revelada, da qual já participamos. Isso é além do que podemos pensar ou pedir. Essa glória é a mesma que envolve o nosso Deus, por isso devemos fazer a vontade dEle, para que, um dia, desfrutemos de tal beleza e poder.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Pai! Como nos amaste a ponto de nos fazer Teus filhos. A Tua Palavra fala da eterna glória a ser revelada, dizendo que já somos participantes dela. Precisamos ser os bons presbíteros como tens determinado. 

Temos sido egoístas, porque nos preocupamos com as máquinas que produzem os meios pelos quais prosperamos, mas não cuidamos das pessoas que as operam. Não somos os presbíteros que deveríamos ser nem zelamos pela obra como Jesus nos ensinou.

Como seremos abençoados como Boaz se não fazemos o que Tu desejas? O modo de ele ser pastor dos empregados fazia com que fosse retribuído. Por que não damos atenção às pessoas que colocaste em nosso lar e em nosso trabalho, visto que todas são Tuas heranças? Ajuda-nos, Deus!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Olá Missionário Soares. Eu quero muito fazer sempre a vontade de Deus acima da minha própria vontade. Uma coisa que me tem feito pensar bastante é a respeito do dízimo. Eu...

Cuidado para não fazer confusão. Dízimo, oferta e ser um patrocinador são coisas diferentes. O dízimo é a décima parte do ganho de uma pessoa, que ela devolve...

»VEJA MAIS