ongrace.com

> Mensagem de Hoje

19/04/2009 - MODOS ESTRANHOS DE NOS TRATAR

  • Envie por Email
  • Imprimir



Pão não comestes e vinho e bebida forte não bebestes, para que soubésseis que eu sou o SENHOR, vosso Deus (Deuteronômio 29.6).

Foi uma obra singular o que Deus fez aos filhos de Israel. Nunca um povo com mais de 3 milhões de pessoas foi retirado da escravidão de um país e levado para uma terra que o Senhor havia prometido. Não houve insurreição nem guerrilha, mas, sim, a mão divina que operou pesadamente sobre o Egito.

Ao conduzir os filhos de Israel à liberdade, o Senhor guiou-os e tratou deles para que, no tempo certo, entrassem na Terra da Promessa. Deus usou Sua sábia estratégia de levá-los por um caminho mais difícil, onde tiveram lições que os capacitaram a enfrentar os moradores de Canaã.

O Altíssimo não Se cansa nem é preguiçoso, por isso, não conduziu Seu povo pelo mesmo trajeto que os filhos de Jacó fizeram para ir ao Egito comprar mantimento, o que duraria 11 dias mais ou menos (Gênesis 42.1-3). Se isso tivesse acontecido, os filhos de Israel não estariam preparados física e espiritualmente para entrarem em uma guerra e seriam um vexame. Deus, então, levou-os por um caminho mais longo, onde tiveram provas irrefutáveis do cuidado do Senhor. Eles, contudo, pecaram, e Deus fez com que andassem em círculo, no deserto, durante 40 anos. Como os israelitas agravaram o Altíssimo quando acreditaram na má notícia dos dez espias (Números 13.21-33; 14.1,2)!

Ao morrer o último homem que, naquele dia do agravo, tinha mais de 20 anos (cf. Números 14.29), o Altíssimo concedeu-lhes a bênção de entrar em Canaã. Eles celebraram a Páscoa nas campinas de Jericó e, no dia seguinte, comeram da novidade da terra, e, imediatamente, o maná cessou. Dessa forma, Deus mostrou que Ele os tinha guiado e alimentado por todos aqueles anos.

Hoje, várias pessoas que se convertem não buscam preparo para enfrentar as lutas que, possivelmente, virão. Se muitas logo prosperam, esquecem-se de Deus, e o perigo de acontecer isso reside no fato de que quem o fizer não será salvo. É preciso que haja crescimento espiritual para estar capacitado a vencer as batalhas e receber as bênçãos do Senhor.

Se você está sendo alimentado com “leite”, é porque ainda é fraco na fé (1 Coríntios 3.2). Dias virão em que você se tornará um adulto na fé e, então, será alimentado com “comida” de guerreiro.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração