ongrace.com

> Mensagem de Hoje

21/09/2013 - NA MESMA MOEDA

  • Envie por Email
  • Imprimir
Assim falou o SENHOR dos Exércitos, dizendo: Executai juízo verdadeiro, mostrai piedade e misericórdia cada um a seu irmão. Zacarias 7.9

Ouça a mensagem

A ordem do Senhor havia sido dada. Os israelitas sabiam o que deviam fazer, mas não fizeram como lhes fora ordenado. O mesmo tem ocorrido, hoje, com muitos cristãos que se deixam levar pela tentação; com isso, o inimigo os tem enfraquecido, levando-os a uma vida de submissão aos caprichos malignos. Tudo o que vem do diabo não presta e deve ser rechaçado com urgência.

Deus havia comissionado Seu povo a executar o juízo verdadeiro. Ora, o juízo efetuado pelo homem, aos olhos da Verdade, é falso. Ainda que o devido processo legal tenha sido cumprido à risca, o fato de a lei do homem não ser submissa à do Senhor, e não levar em consideração a causa que leva alguém ao ato ilícito – a opressão de Satanás –, o que for decidido pelo Tribunal, de modo geral, não será a sentença correta.

No entanto, o juízo verdadeiro não visa punir o homem, mas, sim, o demônio que levou o incauto a fazer a sua vontade. A pessoa sem a genuína libertação jamais conhecerá o seu Deus e, por isso, nunca agirá conforme as regras das Escrituras. Quem é do Senhor deve preparar-se para ser usado por Ele do mesmo modo como Jesus o foi. O Filho do Altíssimo julgava segundo a reta justiça – a revelação da Palavra (Jo 7.24).

Um dos exemplos em que Cristo executou o verdadeiro juízo se deu na sinagoga de Cafarnaum. Por 18 anos, uma filha de Abraão era oprimida por Satanás. A cada dia, sua coluna se encurvava mais. Em nossas igrejas, se prestarmos atenção, veremos pessoas a quem o diabo mais e mais afunda no poço do sofrimento. Contudo, da mesma maneira que Jesus libertou aquela mulher, tais pessoas também podem ser libertas por Ele.

Quando não usamos a autoridade que nos foi dada sobre todo o poder do diabo, deixando de libertar as viúvas, os órfãos, o estrangeiro e o pobre da sua angústia, ou intentamos o mal em nosso coração contra o próximo, falhamos completamente. Com isso, somos considerados culpados tanto quanto os espíritos opressores. Os que não atenderem à ordem divina terão de dar contas da sua negligência (Jr 48.10).

Não é certo endurecer o coração como diamante. Quem assim o fizer verá que desprezou a Palavra que podia libertá-lo. Quem não atender ao mandamento divino não agirá como servo do Senhor e, portanto, não usará o poder divino para livrar os oprimidos. Ao agir assim, esse indivíduo perceberá que não foi boa coisa dar as costas para Deus. É importante saber que quem fecha os seus ouvidos também fecha os do Todo-Poderoso.

O certo é ouvir as palavras do Senhor dos Exércitos enviadas pelo Seu Espírito. Elas estão escritas na Bíblia. Saiba que quem as desprezar enfrentará a grande ira do Onipotente no grande Dia e, enquanto permanecer na rebeldia, também sofrerá. O desprezo que você der a Deus fará com que Ele não possa ajudá-lo no momento da sua aflição.
Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Pai! Ajuda-nos a sempre atender aos Teus mandamentos, pois, de outra forma, estaremos sempre perdidos e errantes pelo mundo. Queremos a Tua poderosa mão sempre sobre a nossa vida. Não podemos viver fora da Tua proteção e longe do Teu amor.

Que o exemplo do Mestre na sinagoga de Cafarnaum seja assimilado por todos. Então, quando um dos nossos irmãos em Cristo estiver sendo atacado pelo inimigo, usaremos a autoridade do Nome de Jesus e expulsaremos o mal, libertando-o da fúria infernal.

Não queremos endurecer o nosso coração como diamante nem dar as costas para Ti. Ao contrário, desejamos que faças o nosso coração ser de carne, sensível ao Teu toque e sempre limpo de qualquer impureza. Pai! Deixa-nos conhecer-Te como o nosso Deus e Senhor.

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

A minha dúvida é a seguinte: Note que nos evangelhos em diversas situações Jesus Cristo sabia o que as pessoas estavam pensando mesmo que elas não falassem nada. Eu não...

Acho que você está esquecendo que os evangelistas não escreveram por sabedoria própria, mas inspirados pelo Espírito Santo, que é Deus (2Pe 1.20-21; 2Tm...

»VEJA MAIS