ongrace.com

> Mensagem de Hoje

29/10/2014 - NÃO CONFIE NAS AMEAÇAS DO INIMIGO

  • Envie por Email
  • Imprimir
Bem posso eu dizer: teu conselho e poder para a guerra são apenas vãs palavras; em quem, pois, agora, confias, que contra mim te rebelas? Isaías 36.5


Judá nunca teve um rei que verdadeiramente temesse a Deus como Ezequias (2 Rs 18.5). Essa obediência ao Altíssimo fazia com que o povo confiasse no seu líder e, desse modo, pudesse ver os extraordinários atos divinos repetindo-se diante deles. Há leitor que nunca foi ensinado a vencer as batalhas. Agora, que aprendeu a tomar posse da bênção, o inimigo surge com uma provação que parece não ter saída. No entanto, essa falta de escape é só aparente, porque Jesus é a Saída.

O rei do poderoso Império Assírio, que já existia há 13 séculos, decidiu aumentar o seu território, tomando a terra que o Senhor tinha dado aos filhos de Israel. No âmbito natural, ele conseguiria o seu intento, porém, onde há um servo de Deus, a história sempre é diferente. Você não deve temer as investidas do Inferno contra a sua vida ou sua família. Quem é filho do Todo-Poderoso tem um aliado invencível.

Senaqueribe enviou o seu servo, Rabsaqué, para afrontar e amedrontar o rei de Judá (2 Rs 18.17); contudo, o perverso monarca errou ao comparar a obra de fé que Ezequias promoveu, quando destruiu os altos em que o povo queimava incenso aos demônios, com o altar do Senhor (v. 22). De fato, o inimigo não compreende nada a respeito da fé. Fique atento para ver o modo que Deus usará a fim de lhe dar a vitória. A saída sempre está na fé em Jesus.

Uma das táticas do maligno é fazer ameaças, desmoralizando o que a outra parte tem. Por isso, não dê a mínima atenção ao que o diabo ou os secretários dele lhe dizem. Não existe arma mais poderosa para destruir fortalezas e levar cativa toda fúria das trevas do que a Palavra do Senhor. O Onipotente prometeu ser Amigo dos seus amigos, mas também Inimigo dos seus inimigos (Êx 23.22).

Ele errou pensando que a ousadia de Ezequias estava sustentada em Faraó, e não em Deus. Os agentes do mal sempre erram, porque não tem a unção da Verdade. Por esse motivo, só operam por meio do engano. Permaneça no que o Senhor lhe tem dito, pois, ainda que tudo passe, as palavras dEle jamais passarão (Mt 24.35). Quem confia no Altíssimo é dono da vitória.

Ezequias teria sido derrotado se tivesse cedido. Se você ceder em um só ponto, selará a sua derrota. Deus não pode deixar de honrar as Suas declarações, pois a honra dEle estaria em jogo. Portanto, fique firme na fé. Mesmo que a situação pareça difícil, você não será envergonhado. Os que creem no Todo-Poderoso jamais perdem uma só batalha, pois Ele é fiel.

No momento oportuno, Deus enviou um anjo que acabou com todo o exército inimigo. O mesmo Ele fará por quem confia em Sua Palavra. Em pouco tempo, você verá que o perseguidor não existe mais. Quando a paciência do Senhor se esgota, não há como impedir a realização da Sua obra. Deus está do seu lado.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus, Inimigo dos nossos inimigos! Senaqueribe não esperava que houvesse um homem em Judá que, de fato, servisse a Ti. Os assírios tinham vencido reinos e até Israel, o do Norte. Eles Te compararam mal, pois pensaram que eras como os falsos deuses.

Tu sempre socorrerás o Teu povo. Há leitores que estão com graves problemas e não sabem o que fazer, pois, apesar das orações, parece que as dificuldades estão crescendo. Pai, ajuda-os a Te conhecer como o Deus verdadeiro e fiel.

Foram dias difíceis para Ezequias, porém ele não perdeu a confiança em Ti. Ao contrário, soube enfrentar o inimigo com dignidade. Quando ele orou, enviaste o Teu anjo para dar a solução. Concede a este leitor a Tua completa alegria e bênção. Amém!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Em 1Pe 2:13 fala que nós devemos obedecer toda a ordenação humana por Amor do Senhor,sou convertido a quase 2 anos e estou enfrentando uma luta.eu e meus familiares...

Meu irmão, sempre que a pessoa que conhece a Palavra de Deus se mantiver na desobediência, o inimigo vai providenciar uma desculpa "legítima", para ver se, com isso, sossega...

»VEJA MAIS