ongrace.com

> Mensagem de Hoje

08/04/2016 - NÃO TE ENTREGARÃO

  • Envie por Email
  • Imprimir
Disse Jeremias: Não te entregarão; ouve, te peço, a voz do SENHOR, conforme a qual eu te falo; e bem te irá, e viverá a tua alma.     Jeremias 38.20


Jeremias profetizou que Judá, o povo de Deus, iria para o cativeiro na Babilônia. Ao ouvir isso, os príncipes de Judá se enfureceram. Nas suas insensatas avaliações, a verdade dita pelo homem de Deus enfraquecia as mãos dos soldados. Eles não sabiam que, quando algo vem com permissão divina, só um arrependimento firme e sincero é capaz de impedir que se cumpra. É preciso ser temente ao Senhor para reverter tal ordem.

O desejo deles era matar Jeremias e, por isso, lançaram-no no calabouço. O rei Zedequias sabia que ele era um verdadeiro profeta, mas, por orgulho, recusou-se a fazer um concerto com Deus e, assim, livrar-se, de uma vez por todas, do pecado e dos caldeus. Ele poderia ter conseguido uma das maiores vitórias de todos os tempos: vencer o império babilônico. No entanto, como acontece com quem anda em pecado, não percebeu seu erro. 

Sob a convicção do Espírito de Deus, o rei ordenou que levassem o profeta à sua presença e pediu que este lhe dissesse a verdade. Jeremias foi sincero ao extremo e pediu-lhe que ouvisse a voz do Senhor. Zedequias estava com medo de que os judeus que haviam passado para o rei da Babilônia o entregassem, mas obteve a resposta dos Céus de que isso não ocorreria. O profeta usou termos de humilhação, a fim de que o rei atendesse ao que o Altíssimo dizia, porém aquele homem não seguiu tal conselho.

Muitas vezes, Deus nos usa como verdadeiros enviados para que uma pessoa deixe o pecado, abandone o caminho mau e volte-se para Ele, mas ela insiste no erro e não se emenda. Já vi tristes casos assim, tendo depois a confirmação de que aquele pecador preferiu a glória do homem e os prazeres do mundo a fazer a vontade divina. “Por quê?” é sempre a pergunta feita quando ouvimos sobre o que aconteceu a alguns que não seguem os preceitos bíblicos.

Zedequias temeu o diabo e não o Senhor. Dessa forma, desprezou a palavra de que, se aceitasse a oferta divina, tudo lhe iria bem e a sua alma viveria. De modo insensato, esse rei confiou em falsas profecias e, depois, quando os caldeus entraram em Jerusalém, fugiu pelas campinas, mas foi encontrado e levado a Nabucodonosor, em Ribla. Este, na presença de Zedequias, matou-lhe os filhos; depois, arrancou os seus olhos e amarrou-lhe os pés com duas correntes de bronze.

Zedequias não entendeu que vale a pena obedecer a Deus. Tal homem havia pedido que Jeremias lhe falasse a verdade, e assim o profeta o fez, mas, para o rei, era mais cômodo crer na mentira de que poderia resistir ao grande exército de Nabucodonosor. Por causa dessa desobediência, além de passar por vários sofrimentos na presença do rei babilônico, Zedequias ainda teve de marchar para a Babilônia com duas cadeias de bronze nos pés. Cuidado para não cair nas mãos do inimigo, pois ele é impiedoso! Volte para o Senhor agora!

O que você já tem aprendido da Palavra tem poder para livrá-lo do cativeiro do inimigo, mas é preciso crer no Senhor e obedecer ao que lhe foi dito. Portanto, não se engane com as falsas profecias ou a aparência das pessoas. Se der ouvidos ao Altíssimo, você irá bem, e a sua alma viverá. Do contrário, você muito sofrerá.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Ó Deus! Servir a Ti é bom, faz bem à nossa vida, pois desfrutamos da Tua proteção e do Teu amor. Mas, muitas vezes, alguns irmãos se iludem com o inimigo e nem percebem que caminham para a morte, de onde jamais sairão. Misericórdia!

Em Judá, as pessoas se deixaram levar pela prosperidade e, com isso, afrouxaram no temor. Logo, começaram a servir aos demônios, julgando que estes lhes davam a fartura e a felicidade de que desfrutavam. Infelizmente, hoje, há muitos que creem desse modo.

Minha oração é por aqueles que têm sido enganados pelo maligno, caíram em pecado e, hoje, não mais sentem a Tua presença. Livra-os do “matadouro” e salva-os. Que voltem ao Teu temor!

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Tenho 22 anos e sou presidiária. Vou cumprir dez meses de pena, em vez de cinco anos e três meses, como havia sido determinado. Para a glória de Deus, alcancei essa...

Há algumas coisas muito importantes que você precisa entender. Primeiro, antes de se converter, sua vida no pecado gerou dívidas com Deus e com a sociedade. Seu débito com...

»VEJA MAIS