ongrace.com

> Mensagem de Hoje

28/02/2019 - NENHUM DOS SEUS CAMINHOS

  • Envie por Email
  • Imprimir
Não tenhas inveja do homem violento, nem escolhas nenhum de seus caminhos.  Provérbios 3.31

Ouça a mensagem

Nenhum conselho de Deus pode ser descartado, pois todos se tornam mandamentos para nós. Devemos ter respeito pelo que o Senhor fala, porque a Sua Palavra é como Ele: eterna, verdadeira e poderosa para cumprir tudo o que Ele anuncia. Portanto, se você não respeita nem ama o Pai celestial, não será amado por Ele nem pelo Salvador, Jesus, o qual deixará de Se manifestar em sua vida. Creia!

Na Bíblia, há inúmeros exemplos de pessoas que se deixaram levar pelos diversos sentimentos ruins e pereceram. Tudo o que o diabo diz é o oposto da Verdade. De Deus vêm a vida, a confirmação das Suas promessas e o bem que Ele tem prazer em fazer por quem crê nEle. Já o que procede do maligno tenta roubar, matar e destruir (Jo 10.10). Não deixe nada do Inferno em você, pois isso quer lhe fazer mal.

Vejamos a triste sina do rei Saul. Ele foi levantado como o primeiro monarca de Israel. Antes, ele era humilde e até se escondeu quando o procuraram. No entanto, depois de se tornar pastor do seu povo, deixou sentimentos ruins entrarem em seu coração e agiu de modo contrário à vontade de Deus. Ao ver Davi ser aclamado como herói, encheu-se de inveja e disse: Dez milhares deram a Davi, e a mim somente milhares… (1 Sm 18.8). Coitado!

Saul ficava perturbado por um espírito mau, e Davi era enviado para ajudá-lo. Quando este louvava a Deus com sua harpa, o demônio saía. Porém, por duas vezes, Saul tentou encravar o filho de Jessé na parede com sua lança (1 Sm 19.10). A Palavra é verdadeira quando diz que um abismo chama outro abismo (Sl 42.7). Não permita que um sentimento ruim entre em seu interior, porque, com ele, virão outros que o possuirão e o destruirão.

Mais tarde, o rei mostrou-se violento. Ele ouviu, mas não obedeceu à ordem do Senhor, por intermédio do profeta Samuel, de destruir Agague, o rei amalequita, descendente de Esaú, que quase 500 anos antes atacara os israelitas pela retaguarda e ferira alguns fracos. Deus havia jurado que o dia de dar cabo daquele povo chegaria, mas Saul desrespeitou a Palavra e prevaricou.

O fato de Saul poupar Agague e tomar as vacas para si – afinal, até os animais deveriam ser mortos – fez com que perdesse o reino. Ele desrespeitou a ordem divina. O homem violento se atreve a prejudicar até o que Deus realiza, como fez o governante amalequita anos antes. Saul mostrou que não temia o castigo que sua ação lhe traria. Nunca despreze as palavras do Senhor! (Veja 1 Sm 15.1-30).

Saul escolheu um dos caminhos do homem brutal e, por isso, perdeu seu reino. Ele poderia ter obedecido e ser honrado por Deus. Não é bom se deixar levar por nenhuma tentação, porque, sem dúvida, o preço que pagará será permanente. O servo de Deus jamais deixa de honrar o Senhor e, por isso, será bem recompensado.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Nosso verdadeiro Amigo! Teus conselhos nos fazem um bem muito grande e nos levam a ser galardoados por Ti. Por isso, chegamos diante de Ti para um momento de oração, reflexão e aprendizado. Dá-nos do Teu ensino sempre!

As tristes histórias bíblicas, como a de Saul, o qual tinha tudo para ser um verdadeiro servo Teu – mas deixou a inveja tomar conta do seu coração e, depois, não mais conseguiu se domar – mostra-nos o quanto é perigoso não Te obedecer.

Que venha o Teu amor, a Tua graça e a unção do Teu Espírito sobre nós! Desse modo, seremos usados para cumprir Teu maravilhoso plano. Nós Te amamos de todo o nosso coração; porém, por sermos homens, pedimos que nos dirijas com amor!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Sabemos que Deus é único mas pude obsevar que há um hino na harpa cristã que tem um refrão que diz "Na presença dos deuses a tí cantarei louvores" qual o sentido da...

Não, este belo hino não está errado, até porque é transcrição do primeiro versículo do Salmo 138: "Eu te louvarei, SENHOR, de todo o meu coração; na presença dos...

»VEJA MAIS