ongrace.com

> Mensagem de Hoje

28/02/2019 - NENHUM DOS SEUS CAMINHOS

  • Envie por Email
  • Imprimir
Não tenhas inveja do homem violento, nem escolhas nenhum de seus caminhos.  Provérbios 3.31


Nenhum conselho de Deus pode ser descartado, pois todos se tornam mandamentos para nós. Devemos ter respeito pelo que o Senhor fala, porque a Sua Palavra é como Ele: eterna, verdadeira e poderosa para cumprir tudo o que Ele anuncia. Portanto, se você não respeita nem ama o Pai celestial, não será amado por Ele nem pelo Salvador, Jesus, o qual deixará de Se manifestar em sua vida. Creia!

Na Bíblia, há inúmeros exemplos de pessoas que se deixaram levar pelos diversos sentimentos ruins e pereceram. Tudo o que o diabo diz é o oposto da Verdade. De Deus vêm a vida, a confirmação das Suas promessas e o bem que Ele tem prazer em fazer por quem crê nEle. Já o que procede do maligno tenta roubar, matar e destruir (Jo 10.10). Não deixe nada do Inferno em você, pois isso quer lhe fazer mal.

Vejamos a triste sina do rei Saul. Ele foi levantado como o primeiro monarca de Israel. Antes, ele era humilde e até se escondeu quando o procuraram. No entanto, depois de se tornar pastor do seu povo, deixou sentimentos ruins entrarem em seu coração e agiu de modo contrário à vontade de Deus. Ao ver Davi ser aclamado como herói, encheu-se de inveja e disse: Dez milhares deram a Davi, e a mim somente milhares… (1 Sm 18.8). Coitado!

Saul ficava perturbado por um espírito mau, e Davi era enviado para ajudá-lo. Quando este louvava a Deus com sua harpa, o demônio saía. Porém, por duas vezes, Saul tentou encravar o filho de Jessé na parede com sua lança (1 Sm 19.10). A Palavra é verdadeira quando diz que um abismo chama outro abismo (Sl 42.7). Não permita que um sentimento ruim entre em seu interior, porque, com ele, virão outros que o possuirão e o destruirão.

Mais tarde, o rei mostrou-se violento. Ele ouviu, mas não obedeceu à ordem do Senhor, por intermédio do profeta Samuel, de destruir Agague, o rei amalequita, descendente de Esaú, que quase 500 anos antes atacara os israelitas pela retaguarda e ferira alguns fracos. Deus havia jurado que o dia de dar cabo daquele povo chegaria, mas Saul desrespeitou a Palavra e prevaricou.

O fato de Saul poupar Agague e tomar as vacas para si – afinal, até os animais deveriam ser mortos – fez com que perdesse o reino. Ele desrespeitou a ordem divina. O homem violento se atreve a prejudicar até o que Deus realiza, como fez o governante amalequita anos antes. Saul mostrou que não temia o castigo que sua ação lhe traria. Nunca despreze as palavras do Senhor! (Veja 1 Sm 15.1-30).

Saul escolheu um dos caminhos do homem brutal e, por isso, perdeu seu reino. Ele poderia ter obedecido e ser honrado por Deus. Não é bom se deixar levar por nenhuma tentação, porque, sem dúvida, o preço que pagará será permanente. O servo de Deus jamais deixa de honrar o Senhor e, por isso, será bem recompensado.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Nosso verdadeiro Amigo! Teus conselhos nos fazem um bem muito grande e nos levam a ser galardoados por Ti. Por isso, chegamos diante de Ti para um momento de oração, reflexão e aprendizado. Dá-nos do Teu ensino sempre!

As tristes histórias bíblicas, como a de Saul, o qual tinha tudo para ser um verdadeiro servo Teu – mas deixou a inveja tomar conta do seu coração e, depois, não mais conseguiu se domar – mostra-nos o quanto é perigoso não Te obedecer.

Que venha o Teu amor, a Tua graça e a unção do Teu Espírito sobre nós! Desse modo, seremos usados para cumprir Teu maravilhoso plano. Nós Te amamos de todo o nosso coração; porém, por sermos homens, pedimos que nos dirijas com amor!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

um casal de crentes é viúvo. ambos dependem da pensão, ou aposentadoria do falecido(a) para se manterem. mas vivem juntos sem obedecerem o padrão de...

Será que Deus abençoa a ilegalidade? O que esse casal está fazendo é mentir. Dizem que permanecem viúvos, mas na verdade vivem como casados e isso apenas para burlar a...

»VEJA MAIS