ongrace.com

> Mensagem de Hoje

04/11/2009 - NÃO DÁ PARA VIVER ASSIM

  • Envie por Email
  • Imprimir


Ouça a mensagem

“Porque de dia e de noite a tua mão pesava sobre mim; o meu humor se tornou em sequidão de estio (Selá)” (Salmo 32.4).

Mesmo sendo o homem segundo o coração de Deus (1 Samuel 13.14), o rei Davi pecou, e isso lhe trouxe muito sofrimento. Não importa quem a pessoa seja; se ela se desviar do Caminho, sentirá o peso da mão divina. Não é por sermos do Senhor que temos licença para pecar; pelo contrário, recebemos a advertência bíblica de que devemos ser santos, assim como santo Ele é (Levítico 11.44).

O herói de Israel pecou e, por isso, viu acontecer com ele o mesmo que está reservado a qualquer outro que não guarda os mandamentos divinos. Quem agir desse modo sentirá o quanto isso magoa o coração do Pai. Portanto, não dê oportunidade para passar por tal situação.

O peso da mão de Deus era constante sobre Davi. Não adiantava orar, tentar alegrar-se com os prazeres do mundo nem esquecer o mal que havia feito. Se não confessasse seu erro ao Todo-Poderoso e não se arrependesse, permaneceria debaixo daquele jugo. Porém, ele aprendeu que, com o Senhor, não se brinca e não se pode enganá-lO.

Meu irmão, se você estiver cedendo à tentação, esforce-se em oração, pedindo ao Senhor que o livre, e não dê mais ouvidos ao diabo. Busque o perdão divino para se libertar da ação do maligno enquanto está a caminho do Grande Dia, pois ainda há oportunidade de se limpar. Caso, porém, você chegue ao Juízo sem o perdão, adeus (Lucas 12.58,59), porque não haverá misericórdia para ninguém – nem cristãos nem perdidos.

A declaração de que a mão de Deus pesava dia e noite significa que o inimigo teve permissão para fustigar a vida de Davi sem cessar. O mesmo ocorrerá com quem não se acertar com o Senhor e também com a pessoa com a qual ele errou. Se o inimigo pedir licença para oprimir a vida de alguém, Deus irá permiti-lo para o próprio bem da pessoa, pois há muitos que, se não passarem por sofrimento, não se livrarão do erro. No entanto, meu irmão, compete a você impedir que o mal entre em seu viver. O perigo maior reside no fato de que, se falecer nesse estado, estará para sempre no sofrimento eterno. Seja sábio e livre-se do que pode levá-lo à perdição. Ainda há tempo para se acertar. Assim, a mão do Senhor não mais pesará sobre sua vida.

As pessoas que encobrem a transgressão jamais prosperarão (Provérbios 28.13), já que o clamor delas é como uma sequidão de estio, não convence ninguém de que tudo está bem. Há manifestações tão inspiradas que “sacodem” a igreja, mas quem caiu nem as sente. Além disso, os conselhos de melhores amigos não lhe fazem a menor diferença. Ora, quem pecar e não se arrepender verdadeiramente nunca obterá a paz.

Caso sinta remorso pelo que fez a alguém, não deixe para depois; acerte-se com quem você errou. Se subtraiu algo do seu empregador ou de qualquer outra pessoa, consiga o valor exato e o devolva; se praticou outra transgressão, pague o preço e confesse que falhou. Não troque a sua felicidade eterna por vergonha alguma!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

TENHO DUVIDA EM MATEUS QUE DIZ AQUELE QUE TE CHAMAR PARA VOÇÊ ANDAR UM PASSO ,ANDE DOIS ,AMAR SEU INIMIGO E POR ULTIMO AQUELE QUE BATER UMA FACE OFEREÇA A OUTRA . ESSA...

Vc está enganada, muita gente já ofereceu a outra face diante do agressor nestes mais de 2000 anos de cristandade. O próprio Senhor Jesus agiu assim, conforme todos os...

»VEJA MAIS