ongrace.com

> Mensagem de Hoje

04/11/2009 - NÃO DÁ PARA VIVER ASSIM

  • Envie por Email
  • Imprimir



“Porque de dia e de noite a tua mão pesava sobre mim; o meu humor se tornou em sequidão de estio (Selá)” (Salmo 32.4).

Mesmo sendo o homem segundo o coração de Deus (1 Samuel 13.14), o rei Davi pecou, e isso lhe trouxe muito sofrimento. Não importa quem a pessoa seja; se ela se desviar do Caminho, sentirá o peso da mão divina. Não é por sermos do Senhor que temos licença para pecar; pelo contrário, recebemos a advertência bíblica de que devemos ser santos, assim como santo Ele é (Levítico 11.44).

O herói de Israel pecou e, por isso, viu acontecer com ele o mesmo que está reservado a qualquer outro que não guarda os mandamentos divinos. Quem agir desse modo sentirá o quanto isso magoa o coração do Pai. Portanto, não dê oportunidade para passar por tal situação.

O peso da mão de Deus era constante sobre Davi. Não adiantava orar, tentar alegrar-se com os prazeres do mundo nem esquecer o mal que havia feito. Se não confessasse seu erro ao Todo-Poderoso e não se arrependesse, permaneceria debaixo daquele jugo. Porém, ele aprendeu que, com o Senhor, não se brinca e não se pode enganá-lO.

Meu irmão, se você estiver cedendo à tentação, esforce-se em oração, pedindo ao Senhor que o livre, e não dê mais ouvidos ao diabo. Busque o perdão divino para se libertar da ação do maligno enquanto está a caminho do Grande Dia, pois ainda há oportunidade de se limpar. Caso, porém, você chegue ao Juízo sem o perdão, adeus (Lucas 12.58,59), porque não haverá misericórdia para ninguém – nem cristãos nem perdidos.

A declaração de que a mão de Deus pesava dia e noite significa que o inimigo teve permissão para fustigar a vida de Davi sem cessar. O mesmo ocorrerá com quem não se acertar com o Senhor e também com a pessoa com a qual ele errou. Se o inimigo pedir licença para oprimir a vida de alguém, Deus irá permiti-lo para o próprio bem da pessoa, pois há muitos que, se não passarem por sofrimento, não se livrarão do erro. No entanto, meu irmão, compete a você impedir que o mal entre em seu viver. O perigo maior reside no fato de que, se falecer nesse estado, estará para sempre no sofrimento eterno. Seja sábio e livre-se do que pode levá-lo à perdição. Ainda há tempo para se acertar. Assim, a mão do Senhor não mais pesará sobre sua vida.

As pessoas que encobrem a transgressão jamais prosperarão (Provérbios 28.13), já que o clamor delas é como uma sequidão de estio, não convence ninguém de que tudo está bem. Há manifestações tão inspiradas que “sacodem” a igreja, mas quem caiu nem as sente. Além disso, os conselhos de melhores amigos não lhe fazem a menor diferença. Ora, quem pecar e não se arrepender verdadeiramente nunca obterá a paz.

Caso sinta remorso pelo que fez a alguém, não deixe para depois; acerte-se com quem você errou. Se subtraiu algo do seu empregador ou de qualquer outra pessoa, consiga o valor exato e o devolva; se praticou outra transgressão, pague o preço e confesse que falhou. Não troque a sua felicidade eterna por vergonha alguma!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Olá,missionário.Tem umas moças que já quiseram namorar comigo,mas apesar de serem crentes,eu não as achei bonitas.Não que eu busque uma miss(não seria ruim!),mas quero...

Os assuntos do amor são tão complicados e pessoais que fica difícil dar palpite na escolha dos outros. Eu não diria que seja pecado escolher a namorada pela aparência,...

»VEJA MAIS