ongrace.com

> Mensagem de Hoje

23/07/2009 - NÃO DEIXE SEU PROBLEMA SE AGRAVAR

  • Envie por Email
  • Imprimir



“Com o silêncio fiquei como mudo; calava-me mesmo acerca do bem; mas a minha dor se agravou” (Salmo 39.2).

Há tempo de ouvir e tempo de falar, mas, acerca do bem, não nos devemos calar jamais. Então, o que fazer quando a dor se agravar? Na hora da tribulação, faça sua declaração de fé.

Diante da crise, o salmista Davi tomou duas posições, as quais ele revelou anteriormente (v. 1): primeiro, disse que guardaria seus caminhos para não delinquir com sua língua, o que foi uma ótima decisão; no entanto, depois, ele falou que enfrearia sua língua enquanto o ímpio estivesse diante dele – o que não se deve fazer. Em vez de nos calarmos, temos de confessar o que a Palavra diz, como fez Jesus no deserto, ao ser tentado (Mateus 4), pois, se resistirmos ao diabo, ele fugirá de nós (Tiago 4.7).

Há tempo de ouvir o que Deus nos está falando, mas também há tempo de falar o que Ele nos ensinou. Quando Davi deixou de declarar o que o Altíssimo lhe ensinara, houve um silêncio – nem o Senhor falou mais com ele. Isso acontece conosco também. O Pai celeste nos concede a direção e coloca as palavras certas em nossa boca, mas, mesmo assim, muitas vezes, não as usamos. Consequentemente, Ele para de nos falar. Ora, não há nada pior do que o silêncio do Senhor. Nesse momento, oramos, mas não recebemos a resposta; abrimos a Palavra de Deus e fazemos Sua leitura, porém, não obtemos a revelação divina.

O rei disse que, com o silêncio, ficou como mudo. Naquela situação, ele não tinha o que dizer. Pobres daqueles que ficam nesse estado! Se não usarem seus direitos em Cristo e não tomarem posse das bênçãos, não conseguirão a vitória.

Como Davi se calava até mesmo acerca do bem, sua dor agravou-se. Da mesma forma, nossos problemas tornam-se maiores quando não abrimos a boca e não confessamos o que Deus fala a respeito deles. Calar-se acerca do bem impede o agir do Senhor; afinal, Ele só pode fazer por nós aquilo de que, crendo, tomamos posse. Portanto, nunca devemos deixar de reivindicar nossos direitos em Cristo.

Se a dificuldade se intensifica, o Altíssimo não é glorificado. Os discípulos, por exemplo, deixaram o Mestre dormir no barco, e a tempestade veio com grande violência (Mateus 8.23,24). No plano divino, somos nós que, com nossas palavras, fazemos a obra divina. Quem não confessar o que é em Cristo e o que pode nEle jamais desfrutará das operações do Seu poder.

Não importa qual seja o seu problema, recorra à Palavra de Deus e aprenda o que Ela afirma sobre o poder que você tem em Jesus. Então, entre na presença do Senhor em oração e, quando sentir que está frente a frente com Ele, tome a sua decisão e repreenda o mal, exigindo que ele desapareça da sua vida. Seja forte, corajoso e destemido. Não deixe o diabo oprimir o seu viver, pois a Bíblia declara que foi para a liberdade que Cristo o libertou (Gálatas 5.1).

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

A Paz Missionario!! A uns 6 anos atras eu e meu marido nos divorciamos. Depois de um ano, voltamos a viver juntos novamente. E servindo ao Senhor Jesus. Missionario, gostaria...

Pelo que entendi, vcs estão juntos de novo há pelo menos cinco anos! Tecnicamente vcs estão amasiados e, nessa situação, estão em pecado. Ora, se já foram casados e...

»VEJA MAIS