ongrace.com

> Mensagem de Hoje

27/02/2011 - NÃO DESPREZE OS JUDEUS

  • Envie por Email
  • Imprimir



“Porque o SENHOR se compadecerá de Jacó, e ainda elegerá a Israel, e o porá na sua própria terra; e ajuntar-se-ão com ele os estranhos e se achegarão à casa de Jacó” (Isaías 14.1).

    É verdade que os descendentes biológicos de Abraão abandonaram o Senhor Deus, rejeitando Seu Filho e, por isso, pagaram um preço muito alto. Se eles não tivessem rejeitado o Filho de Deus, o que teria acontecido com o mundo? Ainda haveria vida na Terra? A grande tragédia da nação judaica foi ter rejeitado o Messias. Sem dúvida, Ele teria dado solução a todos os problemas deles. Hoje, o mesmo acontece com os que rejeitam a salvação, pois tudo aquilo de que precisam já foi preparado e entregue.
    Somos os descendentes de Abraão pela promessa e, como tais, herdeiros de todas as dádivas que o Senhor concedeu ao patriarca (Romanos 4)! Por essa razão, precisamos ser mais ativos na fé e não podemos desperdiçar as bênçãos que nos foram preparadas. Os que são de Jesus não precisam suportar nenhum ataque do inferno, pois têm o direito de usar o Nome do Salvador contra as forças das trevas e os problemas que os afligem. Além disso, com esse Nome, a entrada na presença divina lhes está franqueada.
    A falta de discernimento do tempo de visitação de Deus levou o povo de Israel à ignorância e ao sofrimento pelo qual tem passado durante toda a sua história. Porém, por esse versículo contido no livro de Isaías, podemos entender que Israel terá o véu tirado de sua mente e irá converter-se a Jesus. Com isso, o Senhor terá compaixão dos filhos de Jacó, e o futuro que lhes espera será grandioso.
    Não cabe a nós saber quantas gerações ainda haverá nem por quantas provações passarão, mas o dia chegará em que eles irão arrepender-se do que fizeram e verão, com alegria, que o seu tempo chegou. Dessa forma, provarão o cumprimento de tudo aquilo que o Altíssimo lhes garantiu e voltarão a sua terra – que, segundo essa revelação, não significa somente aquela região do Oriente Médio, mas o mundo das promessas divinas. Aliás, as bênçãos garantidas pelo Altíssimo pertenciam a Israel, mas, como esse povo rejeitou o Filho de Deus, os gentios tiveram acesso a elas e puderam aprender, de fato, como é lindo desfrutar da paz e da comunhão com o Espírito Santo (Romanos 9–11).
    Quando estiverem em casa, os judeus se tornarão grandes evangelizadores. Que eles são determinados no que querem não há como negar, por isso cremos que, quando o seu tempo de visitação voltar, eles se tornarão os grandes anunciadores da obra de Deus no fim dos tempos. Mas, enquanto isso não chega, não devemos desperdiçar a nossa oportunidade.
    O Altíssimo confiou a nós o ministério da reconciliação, então não devemos deixar que nada nos tire da mais linda obra, que é a de ganhar os perdidos para o Senhor. Grande é o trabalho a ser feito, pois a Bíblia declara que os estranhos se achegarão à casa de Jacó. Por certo, Deus vencerá a grande batalha, quando a humanidade conhecerá a Verdade, e a justiça divina se manifestará em todas as partes.

    Em Cristo, com amor,

    R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração