ongrace.com

> Mensagem de Hoje

05/10/2009 - NÃO PODE HAVER DEFORMIDADE NO MINISTÉRIO

  • Envie por Email
  • Imprimir



“Nenhum homem da semente de Arão, o sacerdote, em quem houver alguma deformidade, se chegará para oferecer as ofertas queimadas do SENHOR; falta nele há; não se chegará para oferecer o pão do seu Deus” (Levítico 21.21).

No tempo da Lei, ninguém com deformidade física poderia ser parte do sacerdócio. Tudo o que aconteceu no passado foi para o nosso exemplo. Essa proibição encaixa-se também em nosso ministério. Hoje, não é o problema físico que deve ser visto, mas o moral e espiritual. Alguém que não tenha um alto padrão moral não pode estar no altar de Cristo para abençoar o povo. O Senhor é santo e quem O representa também deve sê-lo (1 Pedro 1.16).

Quem permite que alguém defeituoso moral ou espiritualmente esteja no altar de Deus está fazendo uma confissão de que não crê na santidade do ministério nem na do Altíssimo. O cônjuge que sabe das atitudes e práticas erradas do pastor (ou da pastora) tem a obrigação de procurar a direção da igreja e informá-la a respeito disso. Quem abusa de uma criança, do lar do próximo, da santidade dos jovens, do dinheiro da igreja ou apresenta outros desvios precisa ser retirado rapidamente da ministração da Palavra de Deus, porque Deus não usa vasos sujos.

A verdade é que a pessoa a qual caiu em pecado fez-se surda para a voz do Santo Espírito, o qual insistiu com ela e a advertiu do erro iminente. Agindo de modo insano, ela deixou que o diabo a usasse. Sem dúvida, se não houver um arrependimento sincero e verdadeiro, ela voltará à transgressão. Essa pessoa tem uma falta em seu caráter e não teme o Pai. Ora, quem tem falta não trabalha para servir ao Senhor.

As exigências que qualificam um indivíduo para servir a Deus são mais severas hoje. Basta ler a lista que o Altíssimo nos deu por intermédio de Paulo, na primeira carta a Timóteo, capítulo 3, e na carta a Tito, capítulo 1, para constatar o grau de aprovação requerido dos que desejam cumprir a chamada ao ministério. Aqueles que estão no erro não foram chamados? Sim, muitos foram, mas se deixaram levar pelo inimigo e, como Judas Iscariotes, não mais se qualificam para esse santo ofício.

Já os líderes que deixam os impróprios ao ministério estarem à frente de um trabalho haverão de dar conta ao Senhor da Igreja. Eu não gostaria de estar na pele deles, pois horrível coisa é cair nas mãos do Deus vivo (Hebreus 10.31). O profeta Jeremias foi usado para advertir os pastores que fazem a obra do Senhor relaxadamente, sem cuidado (Jeremias 48.10).

É necessário que haja mãos santas para oferecer o Pão Santo. Deixar um imundo no altar é brincar com a salvação de muita gente. Ai daqueles que trazem escândalo para a obra do Senhor! Melhor lhe fora que lhe pusessem ao pescoço uma grande pedra de moinho e que fosse lançado no mar (Marcos 9.42b).

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Trai meu marido,e fiquei distante do Senhor, mais com muita oração eu pedi a Deus para me libertar dessa tentação e me arrependi muito pelo o que eu fiz. Ouvi esses dias na...

Leia na Palavra de Deus o momento em que o filho pródigo se arrependeu de ter saído da casa do pai e ter ido viver uma vida errada: "Levantar-me-ei, e irei ter com meu pai, e...

»VEJA MAIS