ongrace.com

> Mensagem de Hoje

23/02/2010 - NÃO TOQUE NESTES DOIS

  • Envie por Email
  • Imprimir



NÃO TOQUE NESTES DOIS

“Não é bom também punir o justo, nem ferirem os príncipes ao que age justamente” (Provérbios 17.26).

Eis duas figuras importantes que Deus protege e vingará se sofrerem qualquer ato de maldade, ainda que dos líderes da Sua obra: o justo e o que age justamente.

O justo é quem aceitou Jesus como Salvador, sendo justificado na obra que Cristo realizou no Calvário. É praticante da justiça e cumpridor do que, pela Palavra de Deus, aprende ser mandamento divino. Portanto, ainda que erre, vai aos pés do Senhor e derrama seu coração, até conseguir o perdão de seu pecado. Ele se esforça para cumprir tudo o que lhe é mandado e exulta com a vitória dos que servem a Deus, ainda que não seja em sua igreja ou denominação. É o Altíssimo quem guarda o justo, por menor que ele seja.

Já o que age justamente é aquele que ainda não nasceu de novo, mas respeita a Palavra e se esforça para cumprir as ordenanças divinas. Como Cornélio – o centurião romano apresentado em Atos 10 –, ele também é temente ao Todo-Poderoso e está à espera de alguém como Pedro, um homem enviado pelo Espírito do Senhor e cheio de sabedoria, que vá à sua casa ministrar a Palavra para si e os seus. Não é completamente iluminado nas Escrituras, mas logo põe em prática o que aprende e se arrepende quando alguma atitude sua desagrada a Deus.

O justo pode até escorregar e chegar às portas da tentação, mas, por ser sensível à voz divina, prontamente se arrepende e busca de Deus o perdão. Com ele, deve-se ter misericórdia, pois o Senhor anda ao seu lado. Ele é herdeiro das promessas feitas a Abraão – uma delas, por sinal, é abençoar quem o abençoa e amaldiçoar quem o amaldiçoa. Para ele, a luz nasce nas trevas, e o seu vingador é o Todo-Poderoso. Portanto, meu irmão, cuidado quando souber de algo sobre o justo, ou for influenciado por alguém para puni-lo! Somente por meio da oração do temor a Deus é que se deve tomar alguma posição contra quem recebe tal título.

O mesmo se dá com quem procede justamente. O fato de ter respeito pelos assuntos divinos, mesmo que ele pertença a uma religião diferente dos padrões do Evangelho, já deve servir de alerta para que príncipes não venham amaldiçoá-lo, escorraçá-lo ou puni-lo, pois ele tem um pouco de luz. Essa iluminação, a qual se encontra em seu coração, é sinal de que o Espírito do Senhor está trabalhando naquela vida, e quem se colocar contra ela, mesmo sendo um líder da obra, estará em apuros.

Ora, até mesmo o boi que debulha tem direito de comer do que o seu esforço produz, não podendo ser atada a sua boca (Deuteronômio 25.4). Portanto, respeite quem tem um destes dois títulos; afinal, Deus faz justiça a todos os que Lhe servem, ainda que apenas com um copo de água aos pequeninos crentes.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Em Êxodo 22.16 está escrito: Se alguém seduzir qualquer virgem que não estava desposada e se deitar com ela, pagará seu dote e a tomará por mulher. Isso aconteceu comigo,...

Isso valia na Lei de Moisés, a qual foi cumprida por nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A Lei também prescrevia outras penas para quem fosse mau caráter. Hoje, no mundo...

»VEJA MAIS