ongrace.com

> Mensagem de Hoje

08/10/2014 - NOBRES VARÕES

  • Envie por Email
  • Imprimir
E havia entre eles alguns varões de Chipre e de Cirene, os quais, entrando em Antioquia, falaram aos gregos, anunciando o Senhor Jesus.  Atos 11.20


Apesar da ordem dada por Jesus aos discípulos ter sido bem clara (Mc 16.15), eles pregavam somente aos judeus. Hoje, quando não prestamos atenção ao que nos é dito, também agimos do nosso modo. Por isso, no momento em que for ler a Bíblia, ou escutar a pregação, não se deixe envolver por músicas, conversas ou outras atividades que o atrapalharão no entendimento e na execução do que lhe é revelado.

Foi preciso que alguns judeus de Chipre e Cirene entrassem em Antioquia e falassem aos gregos, anunciando Jesus, a fim de que os gentios pudessem ouvir a doce mensagem da salvação. Quantas coisas, provavelmente, perdemos por não atentarmos com mais diligência para o que ouvimos. Sem dúvida, temos deixado escapar inúmeras bênçãos por ouvirmos a quem nada tem de Deus para nos revelar. 

Vemos o mesmo acontecer em nossos dias, pois o Mestre ordenou que pregássemos o Evangelho a toda criatura. No entanto, em nossas cidades, há grupos de pecadores que evitamos evangelizar. Temos criado uma repulsa por aqueles que o diabo mais usa, tanto na feitiçaria como nos pecados morais. Eles são iguais a nós e, por isso precisam ouvir a Palavra. Nos dias de Paulo, havia ex-sodomitas, idólatras, salvos e outros grupos. 

O trabalho daqueles varões foi tão grande, que a notícia chegou a Jerusalém, e a igreja enviou Barnabé para se certificar do que era realizado. Onde tem chegado a informação do que fazemos para o Altíssimo? Não adianta gastar dinheiro para a mídia falar indiretamente sobre suas ações, pois isso não funciona. A propaganda que tem efeito na obra divina é a do Espírito Santo: Ele convence os que devem ser salvos (Jo 16.7,8).

Ao chegar, Barnabé ficou emocionado com o que viu. Não era para menos, pois, sendo servo do Todo-Poderoso, ele pôde reconhecer o trabalho do Espírito. Somos cooperadores de Deus (1 Co 3.9), e não indivíduos que fazem a própria vontade e acham que o Senhor deve abençoar. Quando a obra é do Altíssimo, todos os passos são confirmados por Ele; porém, quando é do homem, todos sentem um peso tremendo, e ela não avança.

De Barnabé foi dito que era homem bom, cheio do Espírito Santo e de fé (At 11.24). O que é dito sobre você? Não se deixe enganar: todo aquele que comete pecado é do diabo (1 Jo 3.8). Veja se, em você, há algo proibido pelas Escrituras e não se sinta especial, achando que Cristo o justificará de qualquer maneira. Quem não trajar vestes limpas será expulso da comunidade, assim como o fraudulento não permanecerá na casa de Deus.

A nossa oração deve ser para que os jovens, como os de Chipre e Cirene, sejam levantados. Que venham esses que, verdadeiramente, têm respeito para com a Palavra do Mestre. Quem aprende com o Altíssimo jamais deixa de fazer o que lhe é mandado nem se apressa, pois sabe que a obra é realizada pelo Senhor.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus vigilante! A Tua obra precisa ser avivada no decorrer dos tempos, pois alguns se cansam de fazer a Tua vontade e, por incrível que pareça, até perseguem quem a executa. Como o trabalho é Teu, usa-nos no cumprimento das Tuas ordens.

O que aconteceu em Antioquia precisa ocorrer em todos os lugares. Não podemos zelar pela nossa organização, deixando de realizar a Tua obra. Se algum perdido deixar de ouvir a mensagem por culpa nossa, o sangue dele será requerido de nós.

Não podemos nos cansar de fazer o bem. Precisamos executar a ordem que recebemos de Jesus. Temos de partir para todos os cantos deste mundo, levando a preciosa mensagem aos que estão nas trevas. Ajuda-nos, Senhor!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Jesus disse: Ide e pregai o evalhelho a todas as criaturas... Não se referiu ao Velho Testamento. O problema dos sacrifícios de animais não se aplica mais com a morte de...

O que não voga mais do AT é meramente a Lei Cerimonial, justamente a que regulamenta os sacrifícios de animais e responsabilidades dos sacerdotes e levitas. Mas o AT não é...

»VEJA MAIS