ongrace.com

> Mensagem de Hoje

18/03/2017 - O ALVO DO CRISTÃO

  • Envie por Email
  • Imprimir
Dai ao SENHOR a glória devida ao seu nome; trazei oferendas e entrai nos seus átrios.   Salmo 96.8


Aquele que alcançou a salvação em Jesus tem uma das maiores missões confiada por Deus a quem O teme: dar a glória devida ao Seu Nome. Devemos expulsar as forças das trevas, mas isso seria dar a Ele a glória merecida? Ficar o dia todo fazendo isso é a orientação desse versículo, ou há algo mais a fazer? Temos um desafio a entender e cumprir.

Sempre que Davi voltava das batalhas contra os inimigos que queriam destruir o seu povo, ele glorificava o Altíssimo. Naquele tempo, as pessoas esperavam com ansiedade a volta do guerreiro de Israel. Do mesmo modo, devemos derrotar o tentador. A nossa vitória sobre qualquer investida do diabo precisa ensinar os outros a usar o Nome que é sobre todo nome. Aleluia! 

Hoje, o retorno dos valentes de Deus tem de ser igual ao dos heróis do passado. Ao vê-los regressarem da guerra, os que não puderam ir (como os idosos, as mulheres e crianças) louvavam o Senhor. Além dos despojos trazidos pelos valentes, uma coisa era garantida: eles não seriam mais oprimidos pelos inimigos e, com o coração cheio de alegria, adoravam a Deus. O mesmo deve ocorrer em nossos dias! 

A oração do rei Ezequias e a do profeta Isaías contra Senaqueribe, rei da Assíria, quando este cercou Jerusalém para tomá-la, fizeram 185 mil soldados assírios serem mortos e o rei voltar derrotado para casa. Com isso, o Nome do Senhor foi louvado e respeitado. Isso deveria ocorrer toda vez que estivéssemos sob o ataque do Inferno. Glorificar sem motivo não é dar a devida glória a Deus.

Cristo exaltava o Pai sempre que curava paralíticos, resistia à tentação e operava livramentos em favor dos necessitados. Temos de andar como Ele andou. Há irmãos que não pensam sequer em glorificar o Nome de Jesus, porque, em vez de entrarem na peleja em favor de bênçãos que os ajudariam e abençoariam muitos, acham mais prático procurar o socorro do homem. Pobres crentes!

Ofertar é entregar a alma com desejos, intenções e planos, lançando tudo sobre o Senhor. É ainda, em uma atitude de submissão, renunciar a tudo para ganhar a sublimidade do Altíssimo e poder habitar na Sua presença sempre. Aquele que não se oferece a Deus recusa o que Ele realizou e promete realizar por quem O procura. Não temos nada mais a fazer do que amá-Lo de verdade!

Após apresentar sua vida no altar, você descobrirá que o Pai o usará como você sempre quis. A falta de consagração impede o Senhor de abençoá-lo e operar mais em sua vida e por seu intermédio. Com Ele, você será a bênção que todos esperam. Dar ao Nome de Jesus a merecida glória é o alvo maior da sua existência. Sem Ele, tudo o que existe é vazio e sem sentido!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus majestoso! Que orientação linda deste ao salmista! Tu és o Rei dos reis, e a Ti devemos conceder a devida glória. Sabemos que o homem não pode dar nada a Ti, se primeiro não receber algo de Tuas mãos. 

Glorificar-Te é um desafio que não poderemos cumprir, se não tivermos o Teu auxílio. Almejamos ser orientados de modo correto e fazermos o que desejas. Pela fé, aceitamos o desafio.

Ajuda-nos a ofertar o que Te agrada, a colocar em Tuas mãos o que nos tens dado de melhor – a vida. Então, Tu farás de nós o que bem Te aprouver, e viveremos no mais alto nível. Precisamos entrar nos Teus lindos átrios. Amém!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração