ongrace.com

> Mensagem de Hoje

19/12/2012 - O BENEFÍCIO DE SER PERDOADO

  • Envie por Email
  • Imprimir
E não ensinará alguém mais a seu próximo, nem alguém, a seu irmão, dizendo: Conhecei ao SENHOR; porque todos me conhecerão, desde o menor deles até ao maior, diz o SENHOR; porque perdoarei a sua maldade e nunca mais me lembrarei dos seus pecados. Jeremias 31.34


Quem nasce de novo não precisa ser ensinado a conhecer o Senhor, pois o Santo Espírito lhe ensinará tudo. O novo nascimento começa com a aceitação de Jesus como Salvador, segue no batismo nas águas e no arrependimento de obras mortas. Por isso, quem defraudou alguém ou lhe causou qualquer prejuízo material, moral ou espiritual, precisa procurar tal pessoa e se compor com ela, ou o processo da recriação não se completará.

Ninguém será refeito em Cristo se estiver escondendo alguma coisa. Zaqueu disse ao Senhor que devolveria quatro vezes mais à pessoa de quem tivesse subtraído algo. Ele se apoiou no mandamento da Lei que ordenava tal procedimento. Por causa da decisão de Zaqueu, Jesus disse que, naquele dia, a salvação alcançou a casa dele (Lc 19.2-10). Diante do exemplo desse cobrador de impostos, examine também se você tem de se acertar com alguém, com seu cônjuge, seu empregador, ou algum amigo.

No novo nascimento, somos perdoados de todas as maldades que cometemos. O perdão é tão completo que o Senhor garante que não mais Se lembrará dos nossos pecados (Hb 10.17). Por isso, não podemos deixar que o inimigo nos convença de que algo ficou para trás, pois, se isso tiver ocorrido, não conseguiremos o que o Altíssimo disse por intermédio de Jeremias. Além disso, por não abrirmos o coração, sequer nasceremos de novo.

O versículo citado declara que quem não obtiver o perdão completo não conhecerá jamais o seu Deus. Aí está o grande prejuízo! A pessoa está na casa de Deus, gosta de ouvir a Palavra, fica emocionada com a operação divina, mas não consegue conhecer o seu Pai, seus direitos nEle e, por fim, não consegue usar o Nome do Senhor com sucesso. Por isso, a cura não vem, a libertação não ocorre, e o pior é que a porta estará sempre aberta para o  diabo.

Há muitos se enganando na igreja. Os que caíram em pecado e não procuraram a quem deram prejuízo, ou a quem desonraram e não se compuseram com ele, nunca obterão o favor divino completo. Por que ficar obstinado no erro? Por que não se acertar enquanto é tempo? No Juízo, não haverá amor, compaixão, misericórdia nem perdão. Naquele dia, quem lá comparecer o fará para ouvir a sentença que cumprirá para sempre.

O perdão já foi concedido por Deus e está à sua disposição; porém, se não for assumido, você continuará em pecado e terá grandes problemas na eternidade. Jesus ensinou-lhe a se livrar do seu adversário enquanto está a caminho com ele; caso contrário, ele o entregará ao juiz, e este ao oficial de justiça que o colocará na prisão (Mt 5.25). Seja sábio e não demore em procurar a quem você ofendeu; pois, se deixar para amanhã, poderá ser tarde.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Missionário, uma banda de rock católico canta louvores a Deus, e uma das faixas do disco faz menção a orar à Maria. Qual é o entendimento do senhor: é lícito ouvir as...

A Bíblia Sagrada, que é a Palavra de Deus, ensina claramente a examinarmos todas as coisas, retendo o que nos for bom e fungindo de toda aparência de mal (1Ts 5.21-22)....

»VEJA MAIS