ongrace.com

> Mensagem de Hoje

09/10/2020 - O ERRO DO REI DA SÍRIA

  • Envie por Email
  • Imprimir
E disse-lhe: Assim diz Ben-Hadade: A tua prata e o teu ouro são meus; e tuas mulheres e os melhores de teus filhos são meus. 1 Reis 20.3

Ouça a mensagem

Por não conhecerem a Palavra de Deus, muitos povos foram poupados da destruição, devido à paciência do Altíssimo, e ainda prosperaram. Porém, se algum deles tentasse algo contra o povo do Senhor ou a obra divina, o Varão de Guerra lutaria contra tal opositor. Desse modo, o reino sírio conseguiu progredir, mas, quando seu rei quis humilhar e oprimir Israel, a aliança feita com os patriarcas pesou o coração de Deus, e Ele agiu (Gn 12.1-3)!

Embora os reis de Samaria estivessem em pecado, entregues a cultos estranhos, o rei da Síria não tinha o direito de investir contra eles. A sua decisão de afligi-los e envergonhá-los não veio de Deus, por isso não teria a aprovação do Senhor. Que se dê por avisado quem causa mal aos aliançados do Alto! A resposta divina virá com toda fúria contra ele.

O orgulho de Ben-Hadade, cujo nome significa filho do deus da tempestade, levou-o à arrogância, levando-o a organizar uma confederação de reinos do território da Síria para atacar e subjugar Samaria. O erro do perdido é maltratar ou tocar em quem está protegido por Deus. Esse homem perverso pagaria caro pela maldade que pensava fazer para afligir a semente de Abraão, amigo de Deus. O Senhor cumpre a Sua Palavra!

O problema do Reino do Norte teria de ser tratado por Deus, e não por um estranho à aliança de Abraão, Isaque, Jacó e, consequentemente, daqueles que foram seus herdeiros. Entenda: não é bom se levantar para causar sofrimento nos servos do Todo-Poderoso, pois Ele é vingador do mal feito a quem está ligado a Ele pelo Antigo Pacto. O mesmo acontece na Nova Aliança (1 Ts 4.6)!

O orgulho faz o indivíduo tomar decisões erradas, e, quando isso acontece, sem dúvida, vem a reprimenda da justiça divina: A alma que pecar, essa morrerá; o filho não levará a maldade do pai, nem o pai levará a maldade do filho; a justiça do justo ficará sobre ele, e a impiedade do ímpio cairá sobre ele (Ez 18.20). Eis resposta do Senhor a toda insensatez: Tudo o que o homem semear, isso também ceifará (Gl 6.7b). Vigie!

O egoísmo é uma forte prova de que a pessoa não está bem diante do Pai, por isso será derrotada nas batalhas. Quem permitir que o inimigo coloque em seu coração esse mal precisará se preparar para os momentos difíceis, tanto o ímpio quanto o servo do Senhor. O julgamento começa na casa de Deus (1 Pe 4.17). Então, não sofra, pois você foi feito rei e sacerdote para o Altíssimo (Ap 5.10).

Quem se achar muito autoconfiante será humilhado e derrotado por alguém que ele sequer imagina. O melhor é viver na lei do amor, da humildade e do temor a Deus. Assim, o inimigo – o qual anda ao nosso derredor, bramando como leão, procurando a quem possa tragar (1 Pe 5.8) – não tocará em você. Não dê lugar ao diabo (Ef 4.27).

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus de Aliança! Ainda que o pecador reúna as suas forças, não logrará êxito contra aqueles que estão guardados pelo pacto feito por Ti com quem obedeceu e fez a Tua vontade, como ocorreu com Abraão, Isaque e Jacó. A semente está protegida!

Aquela confederação de 32 reis, com cavalos e carros, era a arma do diabo para ameaçar a Tua fidelidade, mas nada significava aos Teus olhos, por isso não conseguiria se firmar perante um pequeno exército!

Tu ouves o Teu povo quando ele clama pedindo socorro. Não há como prosperar qualquer intento contra o Teu povo, porque o Teu coração fiel não dará ao inimigo o prazer de derrotar os Teus. O Senhor é o nosso Vingador!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Conheço cristãos que têm envolvimento com a maçonaria. Por que isso ocorre? Será cilada do inimigo ou porque eles não são...

Bem, eu não fui colocado como juiz das pessoas, e, por isso, não me sinto com liberdade para julgar aqueles que não vêem nada de mais em ser maçom. Agora, antes que...

»VEJA MAIS