ongrace.com

> Mensagem de Hoje

25/03/2021 - O GENRO DE CALEBE

  • Envie por Email
  • Imprimir
E tomou-a Otniel, filho de Quenaz, o irmão de Calebe, mais novo do que ele; e Calebe lhe deu a sua filha Acsa por mulher.   Juízes 1.13


A cada vitória, Judá se enchia de ânimo, pois era evidente que lutava a peleja do Senhor. Esses guerreiros sabiam que o Todo-Poderoso ia com eles para protegê-los, mesmo havendo gigantes a serem derrotados, como ocorreu em Hebrom. Para eles, o triunfo total seria obtido de batalha em batalha, porque o Altíssimo os convocou e lhes ordenou que lutassem até possuírem todo o território destinado a eles. Temos de fazer desse mesmo modo!

Após ferirem os gigantes de Hebrom, o orgulho da cidade, e a terem tomado, os filhos de Jacó partiram contra os moradores de Debir. Aquela terra fora dada a Calebe, um dos 12 espias que voltou com a Boa Notícia (Nm 13.30ss). Calebe propôs um desafio aos varões de guerra de Judá, afirmando que aquele que tomasse Debir poderia se casar com sua filha Acsa – que significa “tornozeleira” (Js 15.16). Ele era conhecido dos demais de Israel, pois, aos 85 anos, sentia-se com 40 anos, como quando saiu do Egito (Js 14.10,11).

O capitão Otniel, sobrinho de Calebe, levou a sério essa proposta e a executou, passando, então, a ser genro daquele que não se importou com os grandalhões que havia em Hebrom. Adiante, falaremos mais de Otniel, pois Deus o usou de modo maravilhoso na condução do Seu povo. Os servos do Altíssimo, com integridade e disposição de vencedor, conquistarão a vitória. 

Os escolhidos do Senhor não precisam temer o amanhã, pois o Guarda de Israel jamais os abandonará nas pelejas da vida. Ainda que tudo se volte contra eles, Deus não deixará de cumprir a Sua Palavra. Jesus Se compromete a ser o nosso Refúgio, a nossa Fortaleza e o nosso Socorro bem presente na hora da tribulação (Sl 46.1). Jamais fique impressionado com nada, pois só o que Deus diz merece crédito.

O nosso Criador tem presciência; portanto, sabe o que ocorrerá conosco até o final da nossa vida. Ele nos deu a libertação de qualquer laço arquitetado pelo inimigo para nos prender. Nunca devemos nos importar com as ameaças do diabo, porque ele perdeu a batalha para o Messias, e tal vitória foi posta em nossa conta. O Filho de Deus não precisava vencer quem já é derrotado.

As batalhas que temos de travar serão dirigidas por Deus, e todas elas serão lições a serem aprendidas. Afinal, o Onipotente nunca nos deixará nem nos desamparará. Não deixe o medo ou qualquer outra ferramenta maligna intimidá-lo. O Senhor sempre, com amor e misericórdia, operará em seu favor. Os que crerem nEle não ficarão envergonhados!

Levante a cabeça e veja o quanto você tem sido amado pelo Senhor. Entretanto, para vencer as adversidades, é necessário assumir o que Deus declara a seu respeito. Não tente comprar o favor divino ou pagar pelo benefício que lhe foi feito, pois isso ofenderia o bondoso coração do Pai. Mesmo que tudo ateste não ter jeito para você se livrar de alguma enrascada, ore, e Deus agirá (Lc 1.37). Amém!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Senhor da vitória e recompensa! Há vários exemplos em que Tu recompensas aqueles que confiam em Ti. Por isso, pedimos que nos uses na Tua obra, pois queremos Te alegrar fazendo bons trabalhos! 

Quando os israelitas entenderam que deveriam assumir a Terra da Promessa, eles estavam sob a Tua direção. Ao falares que Judá deveria subir primeiro, Tu já havias feito esse povo vencer o inimigo e ser uma prova viva de que vale a pena seguir Tuas orientações. 

Desejamos aprender mais e mais com as Escrituras, para andarmos de mãos dadas Contigo, fazendo a Tua obra na vida de quem não sabe ao menos diferençar entre o bem e o mal. Com a Tua ajuda, cumpriremos a Tua vontade. Tu és lindo!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Missionario, eu percebo que apesar de ser uma humana eu naum tenho tantos problemas com o pecado...frutos da carne...creio que estou crescendo bem no Senhor Jesus, porem eu...

Não pregamos só com palavras, mas sobretudo com nossas atitudes. Quem fala muito, pode incorrer no erro de se tornar inconveniente e chato, estragando as possibilidades de...

»VEJA MAIS